Fifa aprova Copa do Mundo com 48 seleções

Torneio terá 16 grupos de três equipes a partir de 2026

Ansa
Divulgação/Fifa.com
Gianni Infantino, presidente da Fifa
Conselho da Fifa decidiu nesta terça-feira, 10, que a Copa do Mundo terá seu número de participantes ampliado de 32 para 48 a partir da edição de 2026, ainda sem sede definida.
A mudança foi aprovada pelo comitê em uma votação realizada na sede da entidade, em Zurique, na Suíça, um dia após a premiação que consagrou Cristiano Ronaldo como melhor jogador do planeta em 2016.
A ampliação era uma promessa do presidente da Fifa, Gianni Infantino, que na Uefa patrocinou o aumento do número de seleções na Eurocopa de 16 para 24. Segundo o cartola, há um apoio “unânime” para inflar a Copa do Mundo, que desde 1998 é disputada por 32 equipes.
A partir de 2026, o torneio terá o formato de 16 grupos com três equipes cada, provavelmente com as duas melhores avançando para o “mata-mata”. Com esse modelo, serão 80 partidas, 25% a mais que as atuais 64.
O objetivo da Fifa seria turbinar a arrecadação com direitos televisivos e cotas publicitárias, já que a entidade teria a oportunidade de vender o torneio em mais mercados, embora a participação de um terço das seleções se restrinja a dois jogos.

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Para especialistas, pais devem acompanhar uso da internet por crianças

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU