Sob o Céu de Cabul

Grecianny Carvalho Cordeiro*

Afeganistão. País marcado por inúmeras guerras e pela chegada do Talibã ao poder, impondo sua interpretação radical do Corão a um povo sofrido, a maioria, sem saber ler ou escrever, razão pela qual seus seguidores acreditavam na veracidade de tais crenças, em virtude da falta de conhecimento. Isso nos mostra o quanto a ausência de educação pode destruir um povo e um país.
           
Fawad. Um menino de 11 anos de idade nos mostra a realidade de seu país e de seu povo sob o olhar de uma criança, cujas tantas perdas e privações serviram para fortalece-lo, ao tempo em que não permitiram que embrutecesse pela dor.
           
A mãe da Fawad consegue o emprego de governanta em uma casa em que vivem três ocidentais, de nacionalidades diferentes, e então o garoto redescobre um novo mundo, onde cabe a lealdade, o carinho, o amor, o respeito, a delicadeza...
           
Sob o Céu de Cabul, da autora Andrea Bunsfield, é um livro emocionante, sensível e surpreendente.
           
“Primavera é a estação do recomeço (...) o outono é a estação que sussurra novas promessas”.
             
E que possamos sempre recomeçar, apesar das adversidades que porventura surjam.
           
E que possamos sempre nos alimentar de novas promessas de paz, amor, carinho e tudo o que faça bem ao coração e à alma.


*Promotora de Justiça

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Parabéns, Padre Geovane!

Para especialistas, pais devem acompanhar uso da internet por crianças

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU