Rádio e telemóvel ajudam agricultores desfavorecidos


Os agricultores do Burkina Faso estão a testar um projeto desenvolvido pela organização Oxfam Internacional, que aproveita as emissões de rádio e os telemóveis para os ajudar a enfrentar as mudanças climáticas e a melhorar o escoamento da produção. 

O país, com cerca de 18 milhões de habitantes, é um dos mais pobres do mundo, e 80 por cento da população vive da agricultura e da criação de gado. Cerca de 10 por cento da população sofre de fome crónica e quase 50 por cento vive no limiar da pobreza. 

Com o novo projeto, a Oxfam pretende usar a tecnologia para aumentar a autossuficiência, ao promover a venda de cereais pelos pequenos agricultores (através do telemóvel) e aconselhar as melhores épocas para as sementeiras e que tipo de semente é mais conveniente, tendo em conta as informações meteorológicas. 

Para isso foram criadas organizações de produtores, que contam com um banco de cereais, onde podem vender a sua produção. Estes centros, por sua vez, tentam manter um nível suficiente de alimentos durante todo o ano, inclusivé na época de maior escassez, explicou Gabriel Pons, assessor de projetos de desenvolvimento económico da Oxfam.


Fátima Missionária

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU

Deus, alimento e remédio