Tesouro maior

Padre Geovane Saraiva*
A força vivificadora do Espírito do Senhor Jesus, que continua a falar aos homens e às mulheres de nossos tempos sobre o valor inestimável do Reino de Deus, leva as pessoas de boa vontade a uma decisão, que implica sacrifício e renúncia como condição essencial para encontrá-Lo. É evidente que há a necessidade de corações ardorosos, no desejo de alcançar o bem maior, durável e precioso. Como disse o Papa Francisco: "É Ele o tesouro escondido, é Ele a pérola de grande valor. Ele é a descoberta fundamental que pode dar uma reviravolta decisiva em nossa vida, preenchendo-a de significado".

Convencidos de que somos enviados a anunciar as maravilhas de Deus, como continuadores da missão do nosso Mestre e Senhor, somos chamados a formar um só corpo, que é a Igreja de Cristo, antecipação do Reino de Deus, ofertando largamente ao mundo os mesmos dons recebidos no batismo, mergulhados, evidentemente, no inefável mistério do próprio Deus, numa vastíssima diversidade de dons, ministérios e atividades. É tarefa nossa fazer de tudo, mas de tudo mesmo, para descobrir seu valor inigualável, maior tesouro que podemos encontrar como aspiração mais profunda.

Jesus nos promete e nos assegura a felicidade, não apenas num futuro longe e distante, lá no céu, na eternidade, mas já aqui na terra. A decisão é nossa e consiste em abraçar o apaixonante projeto amoroso do nosso Bom Senhor, que é o de conduzir a humanidade para a salvação definitiva. Nunca prescindir de um mundo sonhado por Deus, de paz, justiça e fraternidade, afastando-se do relativo e se aproximando sempre mais do absoluto, como afirma São João Paulo II: "A Igreja não é ela o seu próprio fim, pois está orientada para o Reino de Deus, do qual é origem, sinal e instrumento". Viver bem neste mundo, na lógica do projeto de Deus, quer dizer andar na direção do Reino, inaugurado por Jesus de Nazaré, na entrega de sua própria vida.

Que saibamos nos ajustar e nos identificar com o projeto do Pai, encarnado no seu Filho Jesus, que se despojou de tudo, querendo-nos no caminho e na lógica do Reino, curados e livres de males e feridas, restaurando-nos e dando-nos dignidade. Todo aquele que deseja e tem como sonho maior o Reino de Deus precisa experimentar a alegria da transformação interior, superando a proposta do mundo, na certeza de ter encontrado no tesouro, ou na pérola preciosa, a sabedoria de Deus, o bem maior.


*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza - geovanesaraiva@gmail.com

Comentários

Mais Visitadas

Dois pesos e duas medidas

Professora vai mediar estudo de literatura feminina em Dourados

Documentário sobre papa Francisco chega a cinemas dos EUA em maio

Socorro Acioli coordena especialização em Escrita Literária

Livro fala sobre empatia, alteridade, sentimentos reais e seres humanos