Jorge Vercillo participa do Palco Mucuripe

O cantor e compositor carioca participa hoje, 16, do Palco Mucuripe e amanhã, 17, do Ceará Natal de Luz DIVULGAÇÃO
Novembro será marcado por mais uma edição do Palco Mucuripe, formato promovido pela Mucuripe FM no qual um artista convidado participa de um bate-papo musical. Hoje, às 19 horas, o cantor e compositor carioca Jorge Vercillo é o convidado da noite. Ele se apresenta no Espaço O POVO de Cultura & Arte.
Com 22 anos de carreira e 15 álbuns, Jorge Vercillo é dono de alguns dos principais hits da música brasileira, como Monalisa, Ela Une Todas as Coisas (que foi tema da novela Duas Caras), Final Feliz e Homem-Aranha.
Marcelo Mendonça, coordenador de produção da Mucuripe FM, destaca os diferenciais do encontro desta noite de Jorge Vercillo com os fãs. “O público será de convidados pela promoção no Instagram. A apresentação e o bate-papo são exclusivos”, afirma. Nas últimas duas semanas, as contas do Instagram da Mucuripe FM (@mucuripefm) e do Vida&Arte (@vidaearteopovo) promoveram sorteios de convites para essa edição do Palco Mucuripe entre seus seguidores.
Para quem não conseguiu os convites pelo Instagram, Marcelo adianta que o Palco Mucuripe dessa noite terá transmissão ao vivo pela página no Facebook da rádio. “Na ocasião, vamos gravar um especial que será veiculado em dezembro na programação da Mucuripe e também na programação da TV O POVO”, completa.
Mais Jorge Vercillo
Além do bate-papo musical exclusivo no Palco Mucuripe, o cantor carioca irá se apresentar na Capital no final da tarde de amanhã, 17, abrindo a programação do Ceará Natal de Luz. A partir das 17 horas, Jorge Vercillo cantará grandes sucessos e músicas inéditas para o público presente na Praça do Ferreira.
SERVIÇO
Palco Mucuripe
Quando: hoje, às 19 horas
Onde: Espaço O POVO de Cultura & Arte, que fica na sede do O POVO (Avenida Aguanambi, 282 - Joaquim Távora)
O Povo

Comentários

Mais Visitadas

Garimpeiro do conhecimento

A linguagem do amor

Mistério da Santíssima Trindade

Cannes: Filmes de qualidade, mas sem ousadia

O saber na periferia do conhecimento