Facebook avisará usuários quando fotos em que aparecem forem postadas

Rede social planeja aplicar em breve a tecnologia de reconhecimento facial a fotos de perfil, para impedir que os usuários sejam alvo de perfis falsos.
"Se você estiver em uma foto e fizer parte do público dessa publicação, nós o notificaremos, mesmo que você não tenha sido marcado", diz a empresa. Foto (Josh José/Unplash)
O Facebook lançou, nessa terça-feira (19), uma ferramenta para as pessoas saberem quando fotos em que elas aparecem são postadas em qualquer lugar da rede social.
As notificações dependerão de novas ferramentas opcionais que utilizam recursos de reconhecimento facial, e que já sugerem amigos para serem "marcados" nas fotos publicadas no Facebook.
"Se você estiver em uma foto e fizer parte do público dessa publicação, nós o notificaremos, mesmo que você não tenha sido marcado", disse o diretor de aprendizado de máquina aplicado, Joaquin Quinonero Candela, em um blog.
Os usuários do Facebook poderão se marcar em imagens postadas em outros lugares da rede social, ou expressar preocupações sobre fotos a pessoas que as postaram, de acordo com Candela.
O Facebook planeja aplicar em breve a tecnologia de reconhecimento facial a fotos de perfil, para impedir que os usuários sejam alvo de perfis falsos na rede social.
A empresa também está implementando esta tecnologia para dar às pessoas com deficiência visual mais informações sobre as imagens no Facebook.
Os novos recursos estão sendo lançados no Facebook em todos os lugares, com exceção do Canadá e da União Europeia, onde a tecnologia de reconhecimento facial não está empregada, de acordo com Candela.

AFP

Comentários

Mais Visitadas

Pessoas com deficiência ainda não têm assegurados o acesso a bens culturais

Autor revisa história do gênero literário em novo livro

Resgate em caverna da Tailândia pode virar filme em Hollywood

Professores pedem tombamento do prédio da antiga Escola Normal Rural

Novo livro de Scholastique Mukasonga, traz o retrato cruel do genocídio ocorrido em Ruanda, na África, em 1994