Ucrânia celebrará o Natal no dia 25 de dezembro pela primeira vez na história

O país celebrava o Natal de acordo com o calendário grego

O Natal na Ucrânia será diferente este ano, isso por causa de uma lei ratificada recentemente pelo Presidente do país, Petro Poroshenko, que reconhece como festa nacional o dia de Natal segundo o calendário católico latino. O país celebrava o Natal unicamente de acordo com o calendário grego, empregado pela maioria ortodoxa e pela Igreja Católica Greco Ucraniana, sendo a data da celebração o dia 07 de janeiro.
A declaração da festa de Natal em 25 de dezembro foi aprovada com 238 votos pelo Parlamento ucraniano no dia 16 de novembro passado, e significa a celebração de dois natais. A medida permitirá aos católicos de rito latino cumprir suas obrigações religiosas com maior facilidade, assim como beneficiará a outras comunidades cristãs.
“Na Ucrânia há por volta de 11 mil comunidades religiosas católicas e protestantes que celebram o Natal segundo o calendário gregoriano, quer dizer, no dia 25 de dezembro”, reconhece o memorando do projeto de lei aprovado. “Esta data é também aceitável”.
A diferença dos calendários se registra a partir da reforma do Papa Gregório XIII em 1582, que atendeu os estudos de cientistas da Universidade de Salamanca e corrigiu a inexatidão do calendário juliano para que concordasse de forma precisa com o ano solar. Com a reforma se obteve que várias festas litúrgicas pudessem ser celebradas em datas fixas.

Comentários

Mais Visitadas

Garimpeiro do conhecimento

O saber na periferia do conhecimento

Mistério da Santíssima Trindade

Cannes: Filmes de qualidade, mas sem ousadia

Bill Gates quer que você leia estes 5 livros nas férias de julho