A primeira noite de um homem: um clássico da Nova Hollywood

Desde 2013, quando o Cinema do Dragão foi reinaugurado, a exibição de filmes clássicos passou a integrar o DNA da programação do equipamento. Tanto que, já nesse primeiro mês do ano, três estão na grade, dois deles na Mostra Retroexpectativa, anunciando o que está por vir em 2018. Nesta quinta de estreias, as atenções estão voltadas ao longa-metragem "A primeira noite de um homem", de 1967, dirigido por Mike Nichols, que será exibido em cópia restaurada 2K.
O longa ganhou o Oscar de Melhor Direção e conta a história do recém-formado Benjamin Braddock (Dustin Hoffman) que, após cumprir todas as suas responsabilidades acadêmicas, fica sem grandes propósitos. Neste contexto, ele é induzido a ter um caso com uma mulher casada, a Sra. Robinson (Anne Bancroft). Tudo se torna mais complicado quando seus pais insistem para que ele tenha um encontro com Elaine (Katharine Ross), filha da amante.
O roteiro de Calder Willingham e Buck Henry deriva do romance de Charles Webb, e, como aponta o crítico Gabriel Carvalho em texto publicado no site Plano Crítico, "é pontual em adotar a efemeridade das relações; a busca por respostas precipitadas; a tomada de decisões futuramente prejudiciais. A juventude está florescendo, amadurecendo perante o mundo, e se há alguém certeiro em personificar essa juventude transitória, este alguém é Hoffman".
Essas características, inclusive, remetem a um período de revolução cinematográfica em Hollywood, com roteiros menos burocráticos e cinemas autorais mais urgentes, a exemplo da Nouvelle Vague francesa. O movimento, que ficou conhecido como a Nova Hollywood, era reflexo da sociedade americana na época, no auge da contracultura e do pessimismo. E todos esses processos ficam evidentes no filme "A primeira noite de um homem".
Comédia romântica
Enquadrado em um gênero que costuma ser visto com muitas ressalvas, o longa de Mike Nichols desconstrói as expectativas do público como comédia romântica. O ingênuo Benjamin Braddock é seduzido pela mulher do sócio do seu pai. A Sra. Robinson pressiona o jovem para que a acompanhe em uma bebida em casa, e assim os dois personagens protagonizam uma das cenas mais conhecidas da história do cinema norte-americano: com sucessivas indiretas dadas por ela a Benjamin, este diz-lhe: "Sra. Robinson, você está tentando me seduzir!". Esta frase já foi adaptada diversas vezes em paródias feitas em seriados e filmes.
Mas, depois disso, o rapaz acaba se interessando por Elaine, a filha do casal Robinson. Furiosa com o romance de Benjamin com a filha, a sra. Robinson conta sua traição ao marido que, se antes apoiava o namoro da filha, agora resolve vingar-se, e se muda com Elaine e a mulher para lugar ignorado por Benjamin. Este passa, então, a procurar o novo amor por todo o país, e acaba encontrando-a no dia do casamento dela com outra pessoa.
Para o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo, duas coisas se destacam no filme que será exibido na sala 1: a atuação de Dustin Hoffman, que quando interpretou Benjamin tinha trinta anos, ao passo que o personagem tinha apenas 21 anos de idade; e a trilha sonora proposta pela dupla de músicos folk Simon & Garfunkel, com canções como "April Come She Will" e "Scarborough Fair/Canticle", ambas de álbuns prévios; e ainda as populares "The Sound of Silence" e "Mrs. Robinson".
Distribuição
A distribuidora que fez parceria com o Cinema do Dragão para trazer "A primeira noite de um homem" foi a Zeta Filmes. É ela também que vai trazer o francês "Acossado" (1960), de Jean-Luc Godard, e o italiano "Stromboli" (1950), de Roberto Rosselini, ambos previstos para serem exibidos na Mostra Retroexpectativa, entre os dias 11 e 24 de janeiro. "As distribuidoras compram os direitos dos filmes e a gente entra em acordo aqui no Brasil. É uma negociação comum, como com qualquer outro filme em cartaz. Mas é interessante ver que uma série de distribuidoras nacionais têm investido nos clássicos", aponta Pedro Azevedo.
Para o curador, quando você cria a demanda, o público vem. "Em 2013, quando começamos a trabalhar com clássicos, foi instantânea a adesão. Hoje é um elemento forte da programação, e não só do Dragão, mas também de outras salas de perfis parecidos, como a do Cineteatro São Luiz. O público já espera isso da gente", acredita. A formação de plateia, portanto, está garantida.
Mais informações:
Filme "A primeira noite de um homem" (The Graduate, EUA, 1960), de Mike Nichols. Com Dust Hoffman, Anne Bancroft e Katharine Ross. Exibições de 4 a 10/01, às 20h, na Sala 1 do Cinema do Dragão. Ingressos: R$ 14 (inteira). Contato: (85) 3488.8636

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Parabéns, Padre Geovane!

Para especialistas, pais devem acompanhar uso da internet por crianças

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU