Aluna de Fortaleza conquista 2º lugar em concurso nacional de desenhos sobre astronomia

A aluna Jullia Evellin Diógenes Costa, do 7º ano do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, obteve o 2º lugar nacional no Concurso de Desenhos Astronomia em Mãos, com o trabalho O Sonho do Astronauta, produzido na disciplina de Astronomia. O concurso, aberto a escolas públicas e particulares, foi promovido pelo projeto de divulgação científica Astronomia em Mãos.
“Eu sempre gostei de desenhar, então quando o professor passou um trabalho, dando a opção de escolher entre um desenho e uma redação, eu me empolguei e fiz o desenho retratando a nebulosa Hélix, uma das mais próximas da Terra e, em minha opinião, uma das mais belas do céu. Também conhecida como Olho de Deus, procurei retratá-la jorrando da caixinha de sonhos”, relata Jullia.
O processo de seleção dos desenhos foi feito por etapas. Na primeira delas avaliou-se a adequação ao tema; 211 desenhos foram classificados. Na segunda etapa, a comissão julgadora selecionou, cada um, os 10 melhores desenhos que fossem criativos e originais. Após a seleção, na terceira e última etapa, os desenhos foram separados por categoria e, para cada um, atribuíram-se notas.
Tarefa de sala
A elaboração de um desenho com temática astronômica ou de uma redação que descrevesse um objeto celeste interessante foi uma tarefa que compôs a nota da disciplina de Astronomia dos alunos do 7º Ano no 3º bimestre letivo. “Eu os convidei a escolherem algum desses objetos para retratar criativamente”, explica o primeiro-tenente João Romário Fernandes Filho, professor de Astronomia.
O resultado coroa conquistas da escola em astronomia (FOTO: Colégio Militar do Corpo de Bombeiros/Divulgação)
O resultado obtido pela aluna Jullia coroa uma série de conquistas no campo da astronomia alcançadas por alunos em 2017. Além de terem promovido uma observação pública do eclipse solar parcial visível de Fortaleza no mês de agosto, eles obtiveram 34 medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia, garantindo ao colégio o melhor desempenho entre as escolas da rede pública estadual e municipal.
Em novembro, a aluna Maria Alice Santos Mesquita da Silva foi anunciada como um dos destaques do Concurso Nacional para Estudantes promovido pelo Laboratório Nacional de Astrofísica, alcançando um 3º lugar nacional inédito entre estudantes cearenses.
Por fim, na última atividade do ano proposta dentro da disciplina – o lançamento de foguetes de garrafa PET na maior distância horizontal possível, impulsionados exclusivamente por água e ar comprimido – cinco equipes de alunos do colégio obtiveram alcances superiores a 125 metros, qualificando-se, com isso, para receber medalhas na Mostra Brasileira de Foguetes.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Dois pesos e duas medidas

Professora vai mediar estudo de literatura feminina em Dourados

Socorro Acioli coordena especialização em Escrita Literária

Livro fala sobre empatia, alteridade, sentimentos reais e seres humanos

“Monstro É Aquele Que Não Sabe Amar"!