Canção satírica sobre Putin é premiado no Grammy

A música ironiza a glória do dirigente russo, que atualmente busca um quarto mandato, que em caso vitória o manteria no poder até 2024.
"Ele pode fazer funcionar um reator nuclear com o hemisfério esquerdo de seu cérebro", canta Randy Newman, de 74 anos. (AFP)

A canção satírica "Putin" do compositor e cantor americano Randy Newman, dedicada ao presidente russo foi premiada neste ano no Grammy.
A música ironiza a glória do dirigente russo, que atualmente busca um quarto mandato, que em caso vitória o manteria no poder até 2024.
"Ele pode fazer funcionar um reator nuclear com o hemisfério esquerdo de seu cérebro", canta Randy Newman, de 74 anos. "Quando ele tira a camisa, deixa as mulheres loucas, quando ele tira a camisa, tenho vontade de ser mulher".
Ao final da canção, as mulheres do coro tomam a palavra, supostamente representando a voz do povo russo. "Nos levará à terra prometida", dizem. "Tem razão, maldição", responde, "porque sou o 'Putin Man'".
Talentoso compositor que já conquistou seis prêmios Grammy e duas estatuetas do Oscar, Randy Newman escreveu canções mais clássicas, como "I Love L.A." ou um dos temas do filme "Toy Story", "You've Got a Friend in Me". Também é conhecido por seus títulos satíricos como "Sail Away".

AFP

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Para especialistas, pais devem acompanhar uso da internet por crianças

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU