Mulheres cearenses


Paulo Eduardo Mendes*

Um livro de enfoque cinematográfico protagonizado por talentos femininos cearenses. Perfis estruturalmente refletidos de corpo inteiro, em memoráveis escritos trazidos pelo Grupo Ceará em Letras. Repetição que justifica a editoração de mais um livro sobre mulheres, notadamente quando todo o elenco é formado por cearenses. Mulheres notáveis em letras, números e outros matizes de valor cultural.
Três organizadoras figuram, de logo, na autoria desse livro de bela fotogenia, a partir da ideia de capa. Fernanda Maria Diniz da Silva, Gildênia Moura de Araújo Almeida e Marilde Alves da Silva assinaram a produção que a sensibilidade de Cristine Brandenburg fez-nos conhecer o respeitável tomo e seus múltiplos autores. Cristine, Scarlett O'hara Costa Carvalho e Lia Machado Fiúza Fialho armaram o teorema do destaque de Maria Gilvanise de Oliveira Pontes, doutora em Matemática, na sua trajetória de vida e formação que equivaleria a um todo grandioso do expressivo trabalho cujo destaque gravita sempre em torno de letras.
Nomes como o de Natércia Campos, escritora renomeada, de quem fomos colegas do Ginásio 7 de Setembro, bem como da insigne Rachel de Queiroz, integram essa relação de ouro das mulheres cearenses, personalidades cujos perfis premiaram nossa retentiva por saber que o "Ceará Terra da Luz" permanece repercutindo na seara de retratar valores. Oportuna publicação em termos de valorização legítima das mulheres agora com suas datas festivas no contraponto da dimensão diária de serem exclusivas no crescimento merecido por natureza e por direito.

*Jornalista

Comentários

Mais Visitadas

A linguagem do amor

Garimpeiro do conhecimento

Museu da Fotografia Fortaleza realiza nesta quinta (17) palestra sobre a imagem contemporânea

Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans