Garota de 7 anos de Itapebussu impressiona por sua capacidade de declamar cordéis

A cultura popular é vivida e mostrada de diversas formas, no Nordeste, por exemplo através das poesias e dos cordéis. O cordelista é o repórter da vida do Nordeste. Por isso, grandes nomes como Patativa do Assaré, Chico Salles e Alberto Porfírio são referências.
Em Itapebussu, distrito de Maranguape, uma pequena garotinha vem fazendo sucesso. Com 7 anos, Samya Abreu tem surpreendido a todos com a habilidade de decorar e declamar cordéis que tanto aprecia, alguns com mais de 35 estrofes.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

A linguagem do amor

Garimpeiro do conhecimento

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans

Museu da Fotografia Fortaleza realiza nesta quinta (17) palestra sobre a imagem contemporânea

Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone