Prazo para pedido de isenção do Enem 2018 é ampliado

Antes, os candidatos tinha até o dia 11 para fazer o pedido.
A ampliação do prazo também vale para os que precisam justificar a ausência na edição de 2017.
A ampliação do prazo também vale para os que precisam justificar a ausência na edição de 2017. (Reprodução)

O prazo para a solicitação de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foi ampliado até o dia 15 de abril. Antes, os candidatos tinha até o dia 11 para fazer o pedido.
A ampliação do prazo também vale para os que precisam justificar a ausência na edição de 2017, o que é obrigatório para quem teve direito à gratuidade na edição do ano passado, mas faltou aos dois dias de aplicação, e ainda quer requerer a isenção no Enem 2018.
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), responsável pela prova, a ampliação tem como objetivo dar mais tempo para que os participantes possam se adequar as novidades desta edição, garantindo, assim, a isonomia a todas as pessoas com direito à gratuidade da taxa de inscrição do Exame.
Para o Enem 2018 tem direito à isenção o participante que:
- Tenha concluído o ensino médio, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
- tenha participado do Encceja 2017, na modalidade do ensino médio e que tenha obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento em que se inscreveu;
- tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (Lei nº 12.799/2013);
- aquele que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membros de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Agência Brasil

Comentários

Mais Visitadas

A linguagem do amor

Garimpeiro do conhecimento

Museu da Fotografia Fortaleza realiza nesta quinta (17) palestra sobre a imagem contemporânea

Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans