Uece oferta curso de hebraico como oportunidade para conhecer cultura dos judeus

Quando se aprende um novo idioma, você consequentemente conhece a cultura de um povo. É que a língua tem capacidade de preservar essa identidade. Esta característica, presente no processo de aprendizado, foi o que motivou a aposentada Maria Socorro a se matricular em curso de hebraico, ofertado pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas Orientais da Universidade Estadual do Ceará (Uece).
Para ela, é uma oportunidade de conhecer um pouco da cultura dos judeus. “Comecei a ler a respeito sobre a língua e a garra do povo hebreu, e me impressionou. Eles sofreram muito. Sobreviveram ao holocausto e conseguiram reconquistar seu território, apesar dos problemas com a Palestina. É um povo valente”, explica.
Com essa admiração, a estudante do primeiro semestre do curso de hebraico já está com passagens compradas para Israel, onde o idioma é falado. A ideia é poder ver de perto essa cultura que, para ela, é resistente. “Quero ver lá, porque me impressiona muito como eles conseguiram preservar os seus ritos, costumes e culinária”, ressalta.
Apesar do desejo, o idioma é bem diferente das línguas ocidentais. Não há vogal e a escrita é feita da esquerda para a direita, ao contrário do português. “É outro alfabeto. Alguns judeus, há muito tempo, fundaram uma espécie de academia de letras para resgatar e preservar a língua”, informa.
Maria faz parte da turma de 15 alunos matriculados no primeiro semestre do curso, ofertado desde 2014, em Fortaleza. Entretanto, devido ao grau de dificuldade do idioma, as turmas chegam até o terceiro semestre com seis pessoas, segundo o coordenador do laboratório da Uece, Antônio Guerra.
A motivação para aprender o idioma varia. Há aqueles que têm o interesse de conhecer por conta da religião, enquanto outros têm o mesmo objetivo de Socorro, conhecer outra cultura.
“O hebraico está mais ligado às igrejas evangélicas, porque tem o interesse bíblico, ou para pessoas que queriam aprender uma nova língua”, cita o professor. O curso compõe a lista dos cinco idiomas orientais disponibilizados pela Uece, incluindo ainda russo, chinês, coreano e árabe.
Serviço
Curso Hebraico
Local: avenida Luciano Carneiro, nº 345 – campus Fátima
Contato: (85) 9 9676-3407
Horário: aos sábados, das 8h às 11h15

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Pessoas com deficiência ainda não têm assegurados o acesso a bens culturais

Autor revisa história do gênero literário em novo livro

Resgate em caverna da Tailândia pode virar filme em Hollywood

MISTÉRIOS DE NESTOR

MALALA