Escritor Luiz Gasparetto morre aos 68 anos

por Estadão Conteúdo
gasparetto
"Não tenho medo de morrer porque convivo com fantasmas o dia inteiro", afirmou Gasparetto quando tornou público seu estado de saúde ( Foto: Divulgação Facebook )
O médium e escritor espírita Luiz Gasparetto, de 68 anos, morreu nesta quinta-feira (3) depois de uma luta contra um câncer de pulmão. Ele era filho da também médium e escritora Zibia Gasparetto. As primeiras notícias de Luiz Gasparetto foram divulgadas em sua página no Facebook.
A publicação trazia um texto de consternação espiritual: "Luiz Gasparetto, o homem que deixa na Terra, seu legado de espiritualidade. Foram mais de 30 livros publicados, milhares de palestras em diversas cidades do mundo, muitas vidas e corações tocados por seus ensinamentos, e ele gostaria que você se lembrasse de que, melhorar o mundo, começa com a melhora de si mesmo. Faça acontecer! No mundo espiritual, tudo tem começo e meio. O fim só existe, para quem não percebe o recomeço. Nosso espírito é eterno. Feliz recomeço, Gaspa!", diz o texto.
Em fevereiro, um vídeo publicado na mesma página trazia o médium revelando seu estado de saúde e falando em escuridão. "Não estou triste nem abatido. Estou diagnosticado fisicamente com câncer no pulmão. Não tenho medo de morrer porque convivo com fantasmas o dia inteiro", afirmou.
"Morrer não significa que essa escuridão não vai seguir comigo. Morrer não é a solução. Deixei de alguma forma minha ignorância penetrar em mim um ressentimento, por exemplo. Não tanto com pessoas, mas com a vida", escreveu.

Velório
Segundo a página oficial de Gasparetto no Facebook, o velório será realizado nesta sexta-feira (4), de 10h às 15h, no memorial Parque Paulista (Rua Suécia, 56), em São Paulo.

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Deus, alimento e remédio

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU

Exposição traz obras do cearense José Ximenes