Modelo causa polêmica nos EUA por desfilar amamentando bebê

A polêmica sobre a amamentação em público volta à tona periodicamente nos Estados Unidos, onde muitos consideram que amamentar em público é uma prática indecente.

Mara Martín desfila com trajes de banho da Sports Illustrated durante a Miami Swim Week, no W Hotel South Beach, em Miami.
Mara Martín desfila com trajes de banho da Sports Illustrated durante a Miami Swim Week, no W Hotel South Beach, em Miami. (GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP)

Uma modelo americana gerou polêmica esta semana ao desfilar em uma passarela de Miami enquanto amamentava o seu bebê de cinco meses, em um país onde muitos consideram que amamentar em público é uma prática indecente.
Mara Martín, de 32 anos, caminhou na passarela com trajes de banho da revista Sports Illustrated no domingo à noite, com um biquíni dourado e sua filha Erica em seus braços.
Na segunda-feira, a modelo agradeceu no Instagram a resposta positiva nas redes sociais, mas questionou o fato de amamentar em público ser um tema polêmico: "Não consigo acreditar que haja tantas notícias sobre mim e minha filha por fazer algo que faço todos os dias".
"Estou grata de poder compartilhar essa mensagem e espero ajudar a normalizar a lactância materna, e mostrar aos demais que as mulheres podem tudo", acrescentou.
A bebê usava um pano verde e estava com fones de ouvido que a isolaram da música ambiente e das ovações do público.
Mas entre a avalanche de elogios no Twitter, havia alguns comentários que qualificavam a cena de "desagradável" e "repugnante". Um usuário escreveu: "A masturbação também é natural, deveríamos vê-la na passarela?".
A polêmica sobre a amamentação em público volta à tona periodicamente nos Estados Unidos.
Em 2014, um grupo de mães amamentou seus bebês em frente a uma loja Anthropologie em Beverly Hills, na Califórnia, para protestar pelo fato de uma mulher ter sido mandada ao banheiro para amamentar. Depois a loja se desculpou pelo incidente.
Dois anos antes, a revista Time havia causado polêmica ao publicar na capa a foto de uma mulher amamentando seu filho de três anos.
A Organização Mundial da Saúde recomenda a lactância materna exclusiva até os seis meses e sua manutenção até os dois anos ou mais.

AFP

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Exposição traz obras do cearense José Ximenes

Para especialistas, pais devem acompanhar uso da internet por crianças

Michelle Bachelet será a nova chefe de direitos humanos da ONU