Museu de Valores do BC abre aos sábados neste mês de julho

Museu de Valores do Banco Central abre aos sábados neste mês de julho
O Museu de Valores e a Galeria de Arte do Banco Central (BC), em Brasília, abrem aos sábados durante o mês de julho, das 14h às 18h. De terça à sexta-feira, a visita ocorre das 10h às 18h.

Segundo o BC, um diferencial para esse período especial será que, aos sábados, os visitantes também poderão apreciar o grande painel Descobrimento do Brasil, de Candido Portinari, que fica no Salão Nobre de Reuniões, no mesmo andar da Galeria de Arte. O painel uma composição em têmpera e óleo sobre tela de 1955, tem cinco metros de altura por quatro de base. Ele está exposto na mesma sala em que ocorre o primeiro dia das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom).

Acervo em exposição
No Museu de Valores do BC, além da exposição permanente de cédulas e moedas do Brasil, é possível visitar a exposição temporária interativa Os Valores do Futebol, com detalhes sobre as moedas usadas nos países que participam da Copa do Mundo 2018, informações sobre a história do esporte no país-sede do torneio neste ano, a Rússia, e exposição de moedas comemorativas lançadas em homenagem a edições anteriores da competição. Há também um painel que detalha quais cédulas e moedas estavam em circulação no Brasil nos anos em que a seleção canarinha foi campeã.
Na Galeria de Arte, localizada no 8º andar do Edifício-Sede, em Brasília, os visitantes também podem ver obras de Tarsila do Amaral, Guilherme de Faria, Alfredo Volpi e Candido Portinari.

Agência Brasil

Comentários

Mais Visitadas

MISTÉRIOS DE NESTOR

Livro de Juliano Garcia Pessanha traz reflexões filosóficas e relatos

Editoras de pequeno porte e autores independentes solidificam um nicho de mercado

Conceição Evaristo: 'A literatura está nas mãos de homens brancos'

Acordo entre UFRJ e BNDES dará novo papel cultural ao Canecão