Pular para o conteúdo principal

LISBOA: PARÓQUIA DO CAMPO GRANDE ACOLHE «MISSA DOS ARTISTAS»

Agência Ecclesia 29 de Março de 2016, às 14:08   
DR (arquivo)
DR (arquivo)
Cerimónia no âmbito do Dia Mundial do Teatro vai recordar as figuras do mundo do espetáculo desaparecidas ao longo do último ano

Lisboa, 29 mar 2016 (Ecclesia) – A igreja paroquial do Campo Grande, em Lisboa, vai acolher este domingo a Missa dos Artistas, no âmbito do Dia Mundial do Teatro, e recordar as figuras do mundo do espetáculo que morreram ao longo deste último ano.

Em entrevista à Agência ECCLESIA, a atriz Glória de Matos, que está envolvida na organização do evento, destaca uma “cerimónia simples mas significativa” que pretende dar maior significado à data que é assinalada a 27 de março.

“Isto começou o ano passado e vem tudo a propósito de que não havia qualquer celebração no Dia Mundial do Teatro, passava assim como se nada fosse”, realça a artista.

Glória de Matos recorda nomes da senda cultural e artística portuguesa que desapareceram mais recentemente, como José Boavida e Nicolau Breyner.

O último ano marcou também a morte do realizador Manoel de Oliveira, com quem a atriz trabalhou em filmes como Benilde ou a Virgem Mãe (1974), Francisca (1980), Canibais (1987), Vale Abraão (1993), O Quinto Império - ontem como hoje (2004), Espelho Mágico (2005) e Singularidades de uma rapariga loira (2009).

“O que nós pretendemos com isto é chamar a atenção das pessoas de que celebrar não é só lembrar e que a celebração não se faz com grandes almoços”, realça Glória de Matos, que destaca a importância de Deus, do transcendente, para o trabalho de qualquer artista.

“Qualquer criador tem que ser mais do que uma pessoa com jeito para fazer uma coisa, e tem que ser no topo que vai buscar essa inspiração, essa vontade, essa generosidade que os artistas têm. Por muito bons que sejam, além da sua arte, ainda têm que ter a dádiva, porque isso é dado a nós, aos que ficam”, salienta Glória de Matos.

Marcada para as 17h45, na igreja paroquial do Campo Grande, a Missa dos Artistas, no âmbito do Dia Mundial do Teatro, vai ser presidida pelo padre José Filipe Rodrigues.

Envolvidos na celebração vão estar também vários profissionais do meio artístico e cultural português, como a compositora e guitarrista Luísa Amaro, a jornalista Fátima Campos Ferreira, os atores João D’Ávila, Ana Brito e Cunha e Manuela Maria.

JCP

Comentários