Pular para o conteúdo principal

Presidência


PRESIDENTES DA AMLEF
Biênio 2018-2019 (atualmente): FRANCISCO RÉGIS FROTA ARAÚJO

REGIS FROTA, advogado, economista, cineasta, com mestrado e doutorado em Direito Constitucional pela Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, onde viveu entre os anos 1994/1998. É professor associado III, da UFC, na graduação e na pós-graduação em Direito, possui diploma de livre-docente em Direito Constitucional pela UVA (Sobral – CE), bem como cursa, desde 2010, um MBA em Direito Constitucional Comparado (MCL), na Samford University (Birminghand-Alabama-USA), em Cumberland School of Law, ao tempo em que participa do convênio UFC/Université de Havre (França), para proferir conferências naquela universidade (2009).
Diplomado nos anos 1970 pela Universidade Católica de Minas Gerais em Cinema estagiou, em 1976, na Cinemathéque Du Quebec (Canadá) e realizou vários documentários em Super 8 e em 16 mm (A poesia folclórica de Juvenal Galeno (1971), Meninos de aço (1976), co-dirigiu e coproduziu com Elizeu Ewald Rezende, o documentário ficcional Ópera (1975), Franz Kafka (1975), premiado em Curitiba-PR), e muitos outros, e atualmente, coordena o programa editorial Direitos Fundamentais, Cinema e Literatura.
Participa, outrossim, de vários conselhos editoriais com destaque para o da Revista do Instituto dos Advogados do Ceará (IAC), Revista de Estudos Constitucionais Latino-americanos e da Revista da AIADCE (Associação Iberoamericana de Direito Constitucional Econômico), a qual preside desde 2001. É membro efetivo do ICET (Instituto Cearense de Estudos Tributários), e membro vitalício da Academia Fortalezence de Letras (AFL) e da Academia Sobralense de Estudos e Letras (ASEL). Integra o conselho superior da Fundação Paulo Benevides (FPB), desde 2009, sendo coordenador da Especialização em Direito Público da UFC.
Publicou vários livros dentre os quais se destacam, em 2ª edição:
“Solidaridad Contitucional en Brasil” (2005);
Meios e mensagens: história da comunicação (2006);
Direito e comunicação: os limites da informação (1997), pela editora Laiovento, de Galícia-Espanha;
Coordenou várias obras coletivas como “Metodologia do Ensino Jurídico: propostas e debates” (2009);
Direitos Fundamentais, Cinema e Literatura (2011);
Já publicou mais de 50 artigos científicos em revistas nacionais e estrangeiras.
Atualmente, assume, como presidente da Academia Cearense de Cinema (ACC), com o blog: http://accfortalezace.blogspot.com.br/; e membro efetivo da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza (AMLEF), com o blog: http://www.amlef.com.br/.






Biênio 2016-2017: GRECIANNY CARVALHO CORDEIRO

GRECIANNY CARVALHO CORDEIRO é Promotora de Justiça no Estado do Ceará. Mestre em Direito Público pela UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ e pela UNIVERSIDADE DE FORTALEZA. Autora dos livros jurídicos: PENAS ALTERNATIVAS - UMA ABORDAGEM PRÁTICA (2ª ed.) e PRIVATIZAÇÃO DO SISTEMA PRISIONAL BRASILEIRO (2ª ed.), pela Editora Freitas Bastos, Rio de Janeiro. Articulista do JORNAL O ESTADO. Autora dos romances: ANJO CAÍDO (Novo Século), TROIA – UMA VIAGEM NO TEMPO (REBRA/Scortecci) e MARCAS DA INOCÊNCIA (Giostri). Em coautoria com Luiz Gondim, escreveu POEMAS A QUATRO MÃOS (vols. 1 e 2) (Premius). Foi Presidente da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza no biênio 2016-2017.

Lançou os livros:

MARCAS DA INOCÊNCIA

Rebecca Thompson mora em Nova York e tem tudo o que uma jovem pode querer: beleza, dinheiro, inteligência e um maravilhoso futuro pela frente. Mas sua vida dá uma enorme reviravolta quando é acusada do assassinato de Sandy FitzGerald, sua melhor amiga.
Ficção e realidade se encontram neste romance, cujo enredo passa pelo crescimento dos Estados Unidos após a Grande Depressão, a ascensão do nazismo, o Holocausto, a Guerra Fria e outros acontecimentos marcantes do século XX. (GIOSTRI.2014).






TROIA: UMA VIAGEM NO TEMPO convida o leitor a uma empolgante viagem pelo mundo de Homero, pela Guerra de Troia, com seus mitos, deuses e heróis.
Mário é um garoto que, em circunstâncias misteriosas, cruza o portal do tempo e chega à bela e rica cidade de Troia. Com a ajuda da princesa Cassandra, passa a morar no castelo de Príamo, tornando-se um dos soldados do príncipe Heitor e participando dos principais eventos que marcaram essa guerra épica entre gregos e troianos.
Aventura, fantasia, mitologia, suspense, ação, romance, são os ingredientes que tornam TROIA: UMA VIAGEM NO TEMPO um livro fabuloso. (REBRA/SCORTECCI.2012)





ANJO CAÍDO é um romance policial eletrizante que aborda os bastidores do turismo sexual, da exploração sexual de adolescentes e do tráfico de mulheres.
Maria da Silva resolve se prostituir na adolescência e logo se torna o braço direito de um dos maiores agenciadores de mulheres para abastecer o mercado do turismo sexual no Ceará, especialmente fomentado por turistas estrangeiros. Transformada em escrava sexual numa boate de luxo em Milão, Maria da Silva é alvo de investigação das polícias brasileira e italiana, que buscam desvendar as redes criminosas do turismo sexual e do tráfico de mulheres. (EDITORA ABC.2009)









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …