Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 6, 2018

Escritor Sebastião Nunes vence Prêmio Governo de Minas Gerais

O Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura divulgou os vencedores da edição de 2018, com destaque para o escritor, poeta e editor Sebastião Nunes na categoria conjunto da obra. O anúncio, feito nesta quarta-feira (5), coincidiu com a data do aniversário de 80 anos de Tião Nunes. Nascido em Bocaiúva, começou a escrever ainda jovem e trabalhou como publicitário em paralelo à atividade literária e trabalhou como redator do Suplemento Literário de Minas Gerais. Atualmente vive em Sabará.  Com mais de 20 livros publicados, praticamente todos eles de maneira independente e através de sua Editora Dubolso, Sebastião Nunes transitou pela prosa, poesia, literatura infantil, ensaio, crônicas, artes gráficas e construiu uma linguagem em que texto e imagem dialogam continuamente, em uma escrita marcada pela ironia, humor e fina crítica.  “Esse tipo de prêmio é sempre importante pelo aspecto incentivador que tem. Estimula os jovens escritores que estão começando, além de reconhecer os escritore…

Compositor e executivo estreia na literatura com narrativas improváveis

Contos de Aloysio Reis transitam do realismo fantástico ao romance policial Aloysio Reis, que lança o livro 'Rio Vermelho e outros relatos improváveis' - FrPhotos/Divulgação Ivan Finotti SÃO PAULO
Letrista de 142 músicas gravadas por Roberto Carlos, Xuxa e Ney Matogrosso, entre outros, e executivo musical de empresas como Sony e EMI, Aloysio Reis se lança como escritor em "Rio Vermelho e Outros Relatos Improváveis". O lançamento em São Paulo é às 19h desta quinta (6), na livraria Blooks do shopping Frei Caneca. São cinco contos que transitam em diversos gêneros, do realismo fantástico ao romance policial. O que une todos é a grande inspiração autobiográfica. "Vale das Videiras", por exemplo, segue as façanhas do repórter policial Cocheiro de Vampiro, do jornal "Última Hora", no encalço de um assassino, em 1975, que usou o sangue e as vísceras de uma família para desenhar uma cena de linchamento no quarto do casal. "É uma história quase real", co…

Cearense ganha prêmio de fotografia da Aliança Francesa e vai para Paris com tudo pago

Com o tema tão atual e crucial – “Mas onde está a água?” – o Prix Photo Aliança Francesa 2018 recebeu quase 300 ensaios fotográficos vindos de todas as regiões do Brasil. E o vencedor é de Fortaleza, Weberton ‘Beto’ Skeff com seu ensaio, “Doces desejos de fôlego”, que ganhará uma viagem com acompanhante para Paris, com tudo pago. “Doces desejos de fôlego é um relato que pretende abordar a relação do sertanejo com água e sua escassez. Numa tentativa de deslocar a fotografia de uma zona classificatória, este trabalho se apresenta de inúmeras formas: Ora documental, ora ficcional, ora de natureza indefinida, mas sempre respeitando a vontade de descrever e compartilhar suas experiências vivenciadas ainda quando criança no sertão central do Ceará”, descreve o ganhador do concurso. “Os diferentes trabalhos apresentados refletem a diversidade de olhares, técnicas, estéticas e abordagens sobre essa questão vital, que impacta o presente e o futuro”, aponta o diretor da Aliança Francesa Fortal…

Festival terá cerca de 60 horas ininterruptas de dança folclórica

Principais atrações, de acordo com os organizadores, são os grupos israelenses Hora yerushalaim, de dança tradicional, e TZUZA, de dança contemporânea. Tzuza, grupo de dança folclórica contemporânea israelense, é uma das atrações do festival. Foto (Tzuza להקת תזוזה/Divulgação) Mais de 85 grupos, que somam cerca de dois mil dançarinos, vão se apresentar em São Paulo neste final de semana, como parte do Festival Carmel. Ao todo, serão cerca de 60 horas ininterruptas de dança. O festival, de dança folclórica judaica, acontece entre os dias 7 e 9 de dezembro na Hebraica. Os grupos são provenientes do Brasil, Argentina e Israel.

O evento terá vários palcos, incluindo um, com 28 metros, e que pode comportar até 200 dançarinos, tido como o maior de dança do Brasil. As principais atrações, de acordo com os organizadores, são os grupos israelenses Hora yerushalaim, de dança folclórica tradicional, e TZUZA, de dança folclórica contemporânea.

Este ano, em sua 38ª edição, o Carmel terá como tema Ar…