Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 12, 2017

LIVRARIA DUMMAR ENCERRA A PRIMEIRA TEMPORADA DO CLUBE DE PSICANÁLISE

Imagem
A Livraria Dummar e o Espaço O POVO de Cultura & Arte realizam nesta quarta-feira, 13, às 19 horas, a terceira edição do Clube de Psicanálise, que tem como tema Entre pílulas e posts: velocidade e hiperconsumo. O encontro encerra a primeira temporada do Clube. Com a proposta de realizar debates informais e abertos ao público sempre sob uma perspectiva da psicanálise e num diálogo com outras formas de saber, esse primeiro ciclo é encerrado com uma conversa sobre a intensidade do consumo como lógica da vida, a formação de subjetividades na produção do consumo. “A cada encontro, um novo assunto deita no divã” é o mote desse espaço de análise e discussão. “Um novo assunto” que é também urgente, vindo de impasses e problemas que marcam as experiências social e cultural contingentes no Brasil. Na primeira edição, repercutimos a polêmica mais recente sobre censura à arte com o encontro “Democracia e o lugar da arte”, e na segunda edição falamos a propósito das práticas atuais do ódio, p…

Inscrições no Sisu começam no dia 29 de janeiro

Imagem
Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

Leitura na Prisão muda o destino de condenados e proporciona um novo começo

Imagem
"Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro" 12/12/2017 Foto: Reprodução/Internet O exemplo é de transformação e vem da região norte do Brasil. Até onde vai o poder de superação na vida de uma pessoa? Força, garra e disciplina são quesitos importantes para quem quer fazer diferente. E, quando se juntammudança e prazer, transformar a vida fica bem mais agradável. A história que segue mostra que é possível reverter o quadro e ter orgulho de suas conquistas. Cada um cuida do seu destino, e, cultivar bons hábitos faz toda a diferença. Para o nosso personagem a leitura foi além, ela proporcionou uma segunda chance. O exemplo vem lá de Porto Velho, acompanhe! O Poder do Hábito R. adquiriu o hábito da leitura nos anos em que esteve nos presídios de Porto Velho. Preso em 2007, mergulhou nos livros para esquivar-se das drogas oferecidas e repelir o medo de ser morto pelos colegas de cela. O hábito de ler o manteve longe do crime e o ajudou a passar…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA