Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 15, 2020

Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Oportunidade para novos autores

Imagem
Concurso oferece oportunidade a novos escritores e impulsiona a renovação do panorama literário brasileiro As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura 2020, um dos mais importantes do País, foram abertas no dia 20 de janeiro. O concurso, realizado há 17 anos, oferece oportunidade a novos escritores e impulsiona a renovação do panorama literário brasileiro. Para participar, o autor precisa ter uma obra inédita na categoria Conto ou Romance. Os vencedores têm seus livros publicados e distribuídos pela editora Record, parceira do Sesc no projeto. Desde a criação do prêmio, mais de 14 mil livros foram inscritos e 29 novos autores foram revelados. Os interessados têm até 20 de fevereiro para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e on-line. O regulamento completo pode ser acessado em www.sesc.com.br/premiosesc. Por O Globo

A literatura e as enchentes em BH

Imagem
Ricardo Almeida CEO do Clube de Autores, a maior plataforma de autopublicação  da América Latina
Ao verificar as nossas publicações recentemente, foi possível descobrir como o drama das fortes chuvas registradas em Belo Horizonte neste início de ano estava muito mais perto da nossa realidade do que se poderia imaginar. Um livro lançado pela plataforma Clube de Autores tem revelado, há alguns anos, como o processo de canalização dos rios existentes na capital mineira tem piorado a qualidade de vida da comunidade local. Todo esse contexto prova como a literatura se torna importante aliada para debater problemas sociais e, nesse caso, estruturais de uma cidade, antes mesmo de acontecer. Aliás, o assunto já se encontrava próximo da gente bem antes dos temporais. Em 2017, a plataforma publicou a primeira edição da obra Rios invisíveis da metrópole mineira, escrita pelo geógrafo Alessandro Borsagli. A publicação é resultado de cinco anos de pesquisa sobre os rios e córregos de Belo Horizonte…

Presença de Deus

Imagem
Por Paulo Eduardo Mendes - Jornalista
Lei é lei.  Miscigenação para dizer do fiel cumprimento ou obediência às regras explícitas da legislação que determina a harmonia social das democracias legítimas. Aqui, o enfoque é outro. Trata-se da lei do retorno ou retorno legal. A volta, segundo a máxima divina de Justiça pura. Forma objetiva direta para mostrar a sensatez da cultura filosófica inspirada nas raízes divinas. A Justiça Divina tem o suporte espontâneo da prevalência do bem. Somos seres humanos da criação de Deus e já nascemos simbolicamente com um pendrive implantado no cérebro. Regra consciencial do bom senso para conviver em sociedade. Verifique-se que toda criança sabe o que é certo ou errado, mesmo nas brincadeiras inocentes. Qualquer desvio de rota faz com que a criança olhe para os pais aguardando a aprovação ou reprovação vindas só do olhar. É assim a vida.  Somos repetentes em encarnações evolutivas. Trabalhamos o anseio de avançar com ideias de prosperidade, na forma de…