Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 25, 2019

Hoje a Igreja celebra a Conversão de São Paulo

REDAÇÃO CENTRAL, 25 Jan. 19 / 04:00 am (ACI).- Neste dia 25 de janeiro, a Igreja Católica celebra o dia em que São Paulo – então chamado Saulo – alcançou a conversão, a caminho de Damasco, para onde se dirigia para perseguir os cristãos. Como se recorda, quando ia para Damasco, Saulo foi derrubado do cavalo pelo próprio Jesus por meio de uma luz do céu que brilhou sobre ele e seus companheiros, cegando-o por três dias. Durante esse tempo, Saulo permaneceu na casa de um judeu chamado Judas, sem comer nem beber. O cristão Ananias, a pedido de Cristo, foi ao encontro de Saulo, que recuperou a vista e se converteu, recebendo o batismo e passando a pregar nas sinagogas sobre o Filho de Deus, com grande espanto de seus ouvintes. Assim, o antigo perseguidor se converteu em apóstolo e foi eleito por Deus como um de seus principais instrumentos para a conversão do mundo. São Paulo nasceu no Tarso, Cilícia (atual Turquia), e seu pai era cidadão romano. Cresceu no seio de uma família em que a p…

Sobre um mar de gente

A imagem da Jornada Mundial da Juventude do Panamá que está emocionando o mundo A foto está dando a volta ao mundo. No Panamá, um grupo de jovens levanta um rapaz na cadeira de rodas para que ele consiga ver a chegada do Papa Francisco. A imagem é de Carlos Yep e simboliza o companheirismo e a amizade. Graças a estes detalhes, Lucas Henrique pode sentir o olhar de agradecimento do pontífice por tanto esforço. Os amigos abriram mão de ver o Papa, mas fizeram questão que Lucas aproveitasse o momento único na vida de um católico. Aleteia

Livro infantojuvenil ajuda a identificar e ensina a combater notícias falsas

POR BRUNA RIBEIRO
Você sabe o que são fake news? O livro Esquadrão Curioso: Caçadores de fake news (Panda Books), do jornalista Marcelo Duarte, é a primeira obra a responder a pergunta a crianças e adolescentes. A história é sobre um garoto de 12 anos, que ficou impressionado com uma notícia que viu na internet: Cheirar o pum do parceiro prolonga a vida e evita doenças. Desconfiado, o pai do menino disse que poderia ser mais um caso de fake news. Logo depois, um blog que desvenda mentiras virtuais revelou que a notícia era mesmo falsa. O pai e o filho em questão são o próprio autor Marcelo Duarte e seu caçula, Antonio. Com o bombardeio de informações que todos sofremos na internet, falar sobre fake news se tornou muito importante entre adolescentes e jovens. Para não correr o risco de formar opiniões a partir de fatos irreais, é preciso estar atento. Como a conectividade só aumenta, o tema entrou para ficar em sala de aula. Professores estão mostrando como podemos nos preparar para nã…

Triste amor

Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC
Nesse texto, fugindo dos temas filosóficos (onde a lógica de viver considera a dialética da causa e efeito), políticos (que envolve a análise dos processos de Estado e de Governo para assegurar justiça, direitos e obrigações), econômicos (consistindo nos exames da oferta, da demanda, da incerteza, do risco e outros), etc, tentamos mostrar a ansiedade e o sofrimento de um homem apaixonado que não foi correspondido por sua amada (Alice).  A ideia central foi extraída do poema em prosa “Três Horas” de nossa autoria e constante, inicialmente, do livro “Amor e Dor”. Alice era uma moça bem intencionada, esperava plantar sementes de amor, pois assim sua vida ficaria mais interessante. Essa história de amor, talvez paixão, não apresentou um final feliz. Eis, a seguir, as sete estrofes do mencionado poema prosa: 1. Estou no restaurante sozinho; são três horas; já está tarde pra jantar; Alice ainda não chegou. 2. Ainda virá? Pergunto-me; além da fo…

Vivemos tempos estranhos

Grecianny Carvalho Cordeiro - Promotora de Justiça
Como diz a letra da canção: “o mundo está ao contrário e ninguém reparou”.
No mundo do politicamente correto, tem que ter muito cuidado com o que se diz, sob pena de ser mal interpretado. De repente, vale mais o que se diz – pesado e medido – do que a sinceridade com que se diz. E nisso, as coisas se inverteram, pois o importante é falar o que os outros querem ouvir, embora não seja necessariamente o que você pensa.  Hoje, tudo é motivo para discórdia. Hoje, as frases ditas e mal ditas por uma pessoa, especialmente se político, tem o condão de gerar uma dissensão nacional. E aí voltam as intrigas, os bate-bocas nas redes sociais, a repercussão dada pela imprensa. As pessoas então embarcam nessa onda, movidas por uma paixão quase juvenil, lançando imprecações, tratados filosóficos e sociológicos, etecetera e tal. Esquecem as pessoas que aquilo que é idiota não deve ser supervalorizado, superdimensionado, dando-se importância em demasia à …