Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 2, 2020

Prêmio de Literatura Unifor divulga lista dos vencedores

Dividida em duas categorias, a premiação inclui a publicação dos trabalhos nas referidas áreas e viagens para os primeiros colocados O  Prêmio de Literatura Unifor,  anunciado em novembro de 2019,  é uma ação de estímulo à produção literária no ambiente universitário. Os participantes do projeto,  dividido nas categorias  Obra Inédita e Trabalhos Inéditos , já podem conferir lista de vencedores, elaborada a partir da avaliação de uma Comissão Julgadora composta por professores de Literatura em Língua Portuguesa. O vencedor da categoria Obra Inédita terá como prêmio a publicação do original submetido para o concurso em uma  tiragem de 400 exemplares,  além de passagens aéreas para São Paulo, onde visitará a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin.  Na categoria Trabalhos Inéditos,  20 participantes selecionados  terão seus contos reunidos em uma coletânea impressa com tiragem de 20 exemplares para cada candidato selecionado. O primeiro colocado no ranking elabora

Contadores de histórias seguem encantando nas redes sociais

Contadores de histórias promovem eventos lúdicos nas redes sociais para aproximar pais e filhos por meio da literatura. E dão dicas de como usar os livros como diversão nesses tempos de isolamento Psicopedagoga, Viviane conta histórias fazendo lives durante a quarentena para ajudar pais e crianças nesse momento de isolamento social (Foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita) "A poesia está guardada nas palavras". E as brincadeiras também. Transmitidas pela fala, pela espontaneidade dos gestos ou pela simplicidade de olhar nos olhos de quem escuta, o hábito de contar histórias, além de despertar o lúdico e a imaginação em adultos e crianças, adquire um novo significado em um momento marcado pela brusca interrupção na rotina e a consequente maior proximidade entre familiares no espaço doméstico. Nesse período, diversas iniciativas online têm incentivado a escuta e a narração de histórias por meio de transmissões ao vivo, como forma de entreter as famílias duran

Leituras no tempo da peste

Se lêssemos muito mais não estaríamos nessa esparrela histórico sendo 'desgovernados' Ler é o melhor remédio (Unsplash/ freestocks) Ricardo Soares* No momento em que vos escrevo essas linhas navego bem perto do golfo do Sião na  Linha de sombra  de Joseph Conrad mas também estou numa infecta mina de carvão do século 19 no interior da França conduzido por Émile Zola em  Germinal  enquanto também passo por  Noites antigas  do Egito antigo na ótica de Norman Mailer e vou para uma ilha bem grande no mar do Caribe retratada por V.S.Naipaul em  Os mímicos . Arremato com pensatas pertinentes nesses tempos bicudos escritas por Maurizio Lazzarato em  Fascismo ou revolução ?  e me deixo levar pelo aterrorizante imaginário de Stephen King em  A metade negra  que está muito longe da poesia de Manoel de Barros nas suas  Memórias inventadas  e ainda mais longe da Luanda de Pepetela registrada em  Se o passado não tivesse asas  . Pepetela que por sua vez conheci na capital angolana e

Podcast: A oração silenciosa e humilde

Por Pe. Geovane Saraiva