Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 7, 2019

TODOS OS NOSSOS RÓTULOS

Vivemos um curioso tempo dos rótulos. Qualquer manifestação do pensamento ou comentário, seja em que assunto for, mesmo em se tratando de uma simples brincadeira, pode tornar alguém detentor de um rótulo a ser carregado nas costas durante a vida inteira. Em uma época em que as redes sociais são os termômetros da sociedade, capazes de decidir os rumos da política ou mesmo o direcionamento da vida de uma pessoa, em função das curtidas ou compartilhamentos, emitir opinião sobre alguém ou algo pode ser extremamente perigoso. Hoje, alguém que se diga defensor ardoroso do Meio Ambiente, portanto, contra o desmatamento das florestas, o uso de agrotóxicos e pesticidas nas plantações, a vulnerabilização das áreas de proteção ambiental, é tido como de esquerda. Se alguém se mostra defensor do direito de portar arma de fogo em sua residência ou em qualquer lugar, é tido como de extrema direita. Quando alguém se manifesta contra a liberação das drogas, mesmo que para uso medicinal, é taxado como …

35ª Feira do Livro de Brasília: 7 autores cancelam presença no evento

A 35ª edição da Feira do Livro de Brasília (FeLiB) começou nesta quinta-feira (06/06/2019) com a notícia do cancelamento da presença de autores renomados, como Ignácio Loyola Brandão, Renato Janine Ribeiro e Sandra Dualibi. Ao todo, sete convidados deixarão de participar do evento: segundo a organização da feira, por falta de verbapara os escritores que falariam com adultos, decidiu-se priorizar a programação infantil. A historiadora Mary Del Priore deixou de participar por problemas pessoais. Já os escritores Alberto Mussa e Lúcia Bettencourt cancelaram a vinda a Brasília antes que a organização do evento o fizesse. Por fim, a jornalista Dad Squarisi, que falaria nesta sexta-feira (07/06/2019) ao público adulto, participará apenas da programação pedagógica da feira. Em nota divulgada em seu site oficial, a organização lamentou o ocorrido: “Fomos forçados a fazer diversos e dolorosos cortes indigestos. Entregamos a melhor FeLiB possível, mas não a que desejávamos”. “Havia uma previsã…

Acesso facilitado à internet reduz procura por bibliotecas do interior

Por Redação, 
A baixa procura foi identificada a partir da última década, período em que houve popularização do acesso à internet no interior do Estado
A partir da ampliação do acesso à internet nas cidades do interior e a facilidade de busca de temas diversos por meio da rede mundial de computadores, aquela velha pesquisa estudantil nos livros e enciclopédias de bibliotecas públicas está ficando cada vez mais rara. As unidades tradicionais que não se modernizaram estão vazias. Sobram mesas e cadeiras. Faltam alunos. Muitas pessoas sequer sabem que existem estes equipamentos ou onde estão localizados. No entanto, o cenário não foi sempre este. Há pelo menos dez anos, os equipamentos "viviam com boa frequência de visitantes", conta a secretária Maria Flávia Gurgel, que atua no segmento há duas décadas. Mudança A facilidade de acesso à internet é apontada como fator preponderante para mudança de cenário. "Hoje, é muito simples e rápido fazer qualqu…

Um tesouro católico na maior biblioteca do mundo

Um exemplar histórico da Bíblia, que exemplifica a difusão do saber além da religião, pode ser visto de graça Clique aqui para abrir a galeria de fotos Se você for à capital dos Estados Unidos (Washington), uma das paradas obrigatórias é, sem dúvida, a biblioteca do Congresso. A estrutura espetacular foi fundada em 1800 e, atualmente, é considera a maior biblioteca do mundo. O local abriga mais de 160 milhões de exemplares. Mas não é só a quantidade de livros que impressiona, mas também a qualidade das obras que lá estão. Destaque para uma das três únicas cópias completas que sobraram da Bíblia impressa por Johannes Gutenberg em vitela (um fino pergaminho de pele animal). Qualquer visitante pode vê-la bem de perto e de graça. O exemplar é um patrimônio não só religiosos, mas da cultura mundial, já que a Bíblia de Gutenberg – traduzida em latim por São Gerônimo do fim do século IV – foi o primeiro grande livro impresso na Europa Ocidental a partir de tipos móveis de metal. Essa ferram…

Feira do Livro: Editoras têm de ir ao encontro do público, diz diretor-geral da Paulus Editora

Padre José Carlos Nunes destaca progressiva diversificação da oferta, em resposta à procura de vários setores Foto: Joana Gonçalves/Renascença Lisboa, 07 jun 2019 (Ecclesia) – O padre José Carlos Nunes, diretor-geral da Paulus Editora, defendeu a necessidade de ir ao encontro dos leitores, nas várias plataformas, com uma progressiva diversificação da oferta que chega cada vez mais ao digital. “Esse é o nosso desafio, procurar o público, porque ele existe. Cada vez mais, o público não vem até nós, nós é que temos de ir ao seu encontro. Esta é a nossa estratégia principal, aliás, passa pela nossa forma pastoral de estar e de existir, na Igreja e na sociedade: não ficamos à espera de que venham ao nosso encontro”, refere o religioso, em entrevista conjunta à ECCLESIA e à Renascença. Tendo como pano de fundo a Feira do Livro de Lisboa, que decorre até 16 de junho, o padre José Carlos Nunes destaca a importância das editoras católicos num evento cultural “do maior relevo”. “A nossa presenç…