Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2018

Obrigado a assistir ao JN e Fantástico

Carlos Delano Rebouças*
Quando eu era criança, meu pai me obrigava a assistir ao JN e Fantástico, com o argumento de que era importante ficarmos bem informados. A TV era, aliás, continua sendo, mas em queda livre, o maior meio de comunicação. Com o passar do tempo, os telejornais foram perdendo espaço para humorísticos, novelas e futebol. Passou a oferecer um leque maior de recursos alienadores, capazes de moldar a sociedade à sua maneira. Coitados de nós, que ainda relutamos para aceitar isso! E uma legião de alienados se forma a cada dia; o espaço da TV, hoje, contém mais programas de lavagem cerebral que nunca. Aproveitadores das mais diferentes espécies, antes raras, presentemente, mudam apenas de canal, de roupa e de chapéu. Aí surgem as redes sociais por meio do advento da Internet, ambiente livre que permite falar e postar o que bem quer, onde para muitos é uma libertação da TV que aliena e destrói valores.  Pena que não é bem assim, as redes sociais se tornaram um palco de ap…

11 Filmes para recordar o atentado do 11 de setembro

Divulgação / Divulgação Após do atentado de 11 de setembro 2001, que matou milhares de pessoas no World Trade Center, em Nova York (EUA), dezenas de produções cinematográficas reproduziram a história do ataque às torres gêmeas.

Para lembrar os 14 anos de uma das maiores tragédias da história, listamos alguns de filmes que revivem aquele triste 11 de setembro, ou ainda, que têm alguma relação com a data. Confira:
'Tão forte e tão perto' (2011)Baseado em um livro de mesmo nome, o longa conta a história de um menino de 10 anos que perde o pai, interpretado por Tom Hanks, no ataques às Torres Gêmeas. Depois disso, o garoto inicia uma jornada por Nova York para encontrar uma fechadura para uma chave deixada pelo pai.

'102 Minutos que Mudaram o Mundo' (2009)Produzido pelo History Channel, o documentário fala sobre o ataque ao World Trade Center com imagens que retratam os 102 minutos durante os ataques às torres.
Mulher coberta de poeira dos atentados de 11 de Setembro morre de …

Morre o acadêmico Helio Jaguaribe

Ele foi o nono ocupante da cadeira número 11 da Academia Brasileira de Letras. Eleito em 3 de março de 2005, o intelectual sucedeu o economista Celso Furtado. Por G1 Rio Hélio Jaguaribe será velado na Academia Brasileira de Letras, na quarta-feira
O acadêmico, jurista, sociólogo e escritor Helio Jaguaribe morreu na noite deste domingo (9), em sua residência, em Copacabana, no Rio de Janeiro, vítima de falência múltipla dos órgãos. O corpo de Jaguaribe será velado na Sala dos Poetas Românticos, no Petit Trianon, a partir das 10h desta quarta-feira (12) e o sepultamento está previsto para o mesmo dia, às 15h, no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O acadêmico deixa viúva e cinco filhos. Nono ocupante da Cadeira nº 11 da ABL, Helio Jaguaribe foi eleito em 3 de março de 2005, na sucessão de Celso Furtado. Morre o intelectual Hélio Jaguaribe "Pare ele, ação e pensamento permanecem indissociáveis, como Darcy Ribeiro e Celso Furtad…

Livro de educação sexual criticado por Bolsonaro volta às livrarias

Em sabatina no Jornal Nacional, Jair Bolsonaro relacionou 'Aparelho Sexual e Cia' ao 'kit gay'. Exposição do livro "Zizi Sexuel" em 2014 em Paris. (AFP)
"O guia sexual de Titeuf", com um personagem cômico muito conhecido na França, voltará às livrarias na quarta-feira no Brasil, onde ganhou notoriedade depois que o candidato de direita Jair Bolsonaro o acusou de promover a homossexualidade entre as crianças.
Com o título no Brasil de "Aparelho sexual e Cia", a obra da francesa Helene Bruller com desenhos do suíço Zep terá uma nova edição de cerca de 3 mil exemplares, informou um porta-voz da Editora Seguinte, um selo destinado aos jovens da Companhia das Letras.
Bolsonaro, que é acusado por seus detratores de ser homofóbico, mostrou uma cópia do livro durante uma entrevista na TV Globo, acusando-a de fazer parte de um "kit gay" distribuído em escolas públicas do Brasil.
A editora rapidamente respondeu que "Aparelho sexual e …

Sai nesta terça filme indicado pelo País para disputar vaga no Oscar

Último filme selecionado para concorrer foi Central do Brasil, de Walter Salles, em 1999. O Grande Circo Místico, de Cacá Diegues (Reprodução)
Reúne-se nesta terça-feira, 11, na sede da Cinemateca Brasileira em São Paulo, a comissão nomeada pelo MinC para escolher o filme indicado pelo Brasil para concorrer a uma vaga no próximo Oscar. Inscreveram-se 22 produções. O anúncio será feito às 12h30. Tem sido um longo jejum brasileiro na festa da Academia de Hollywood. O último filme selecionado para concorrer foi Central do Brasil, de Walter Salles, em 1999. Em 2006, O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger, foi pré-indicado na listas de nove, mas não ficou entre os cinco finalistas. A última indicação não ocorreu na categorias de filme estrangeiro, mas na de melhor animação - O Menino e o Mundo, de Alê Abreu, em 2016.

Todo ano surgem as mesmas dúvidas - o que seria o concorrente ideal do Brasil no Oscar? Talvez o grande equívoco das comissões que indicam o concorrente bras…