Postagens

Mostrando postagens de Maio 4, 2017

"Histórias Não (ou Mal) Contadas" confere nuances à Segunda Guerra Mundial

Imagem
É ousado o que o historiador gaúcho Rodrigo Trespach fez em Histórias Não (ou Mal) Contadas – Segunda Guerra Mundial (1939-1945), que terá sessão de autógrafos e bate-papo com o autor hoje, às 19h, na Saraiva do Praia de Belas Shopping.  Já na introdução, o autor trata de fazer as devidas ressalvas: seu livro está longe de ser revisionista. Muito pelo contrário! Houve 6 milhões de judeus assassinados no Holocausto? Claro, testemunhas primárias estão aí para contar e deixaram registros que se contrapõem a levianos exercícios de antissemitismo travestido de pós-verdade.  Trespach mostra quão ampla foi a crueldade do nazismo, trazendo-nos as perseguições também a homossexuais, ciganos e outras minorias. Toca em pontos essenciais. Exemplo de um esclarecimento que chega já na introdução: "Os Aliados não eram apenas guerreiros lutando por paz e liberdade. (...) Acabada a guerra, Stálin mantinha 20 milhões de prisioneiros-escravos na União Soviética. Os negros norte-americanos que havi…

FestiPoa Literária: uma década de literatura livre marcada por debates, leituras e homenagens

Imagem
Ao longo de 10 anos, a FestiPoa Literária se consolidou como o principal evento literário independente da Capital. Criada e mantida por um grupo de amigos, sem vinculação a grandes instituições e com poucos apoiadores, a Festa Literária de Porto Alegre volta a ocupar nesta quinta-feira diferentes espaços culturais da cidade para debates, leituras e lançamentos. A nova edição concilia as facetas pelas quais o evento ficou conhecido: revelação de novos autores, discussões sobre temas à margem dos grandes festivais e tributo a quem fomenta a produção e o debate literário local e nacional. A grande homenageada desta edição é a professora e escritora Heloisa Buarque de Hollanda. — É bem intencional escolher como homenageada alguém que pesquisa a literatura feminina, com uma história de militância no campo intelectual e acadêmico. Além disso, Heloisa é uma poeta e professora que se tornou referência em relação à literatura marginal e de periferia, não canônica — afirma Fernando Ramos, idea…

Escritor inglês é autor da obra que serve de base para a nova série sensação, "American Gods", da Amazon

Imagem
Neil Gaiman foi um dos artistas de quadrinhos britânicos que, nos anos 1980, tornaram-se sensação no mercado norte-americano. O episódio entrou para a história da nona arte como "Invasão Britânica" - uma referência ao apelido dado à conquista dos EUA, duas décadas antes, por grupos de rock como Beatles e Rolling Stones.
O também inglês Alan Moore e o escocês Grant Morrison eram os outros dois nomes de maior peso desta turma. Dos três, Gaiman sempre foi o autor mais palatável e, apesar da pose de gótico suave, há um otimismo em suas tramas que faltam ao seus companheiros. Moore, curiosamente, caiu no gosto dos estúdios de Hollywood - o contrário, não aconteceu, diga-se. Filmes como "V de Vingança", "Watchmen", "Liga Extraordinária" e "Constantine" têm em comum duas coisas: seu trabalho como referência e tornar ruim algo que, originalmente, é repleto de engenhosidade e brilho. De qualquer forma, as adaptações fizeram dinheiro e, por con…

Google abre inscrições para programa de Bolsas de Pesquisa para América Latina

Imagem
O Google abriu as inscrições da edição 2017 do programa Bolsas de Pesquisa Google para a América Latina, com o objetivo de apoiar projetos de pesquisa na área de Ciência da Computação em toda a região. O programa oferece apoio a “duplas” de pesquisadores, ou seja, estudantes de Mestrado ou Doutorado e seus professores. A cada ano, os projetos inscritos são mais complexos e ambiciosos; buscam melhorar diagnósticos médicos, auxiliar deficientes a serem mais independentes, gerar modelos para o combate da transmissão da zika e até monitorar geleiras. Há, também, pesquisadores que aplicam machine learning para gerar sinopses de vídeos, melhorar a gestão de contratos no setor privado, desenvolver formas avançadas de reconhecimento facial e desenvolver algoritmos de coordenação para veículos autônomos nos cruzamentos das nossas cidades congestionadas. Nesta 5ª edição, serão destinados 600 mil dólares para apoiar pesquisadores na região. Todos os projetos submetidos serão lidos e avaliados p…

Redes sociais dos órgãos de segurança facilitam denúncias

Imagem
O uso de redes sociais como canais de denúncia tem se tornado uma atividade comum entre os internautas. Nos grupos fechados ou em perfis abertos, registros em vídeos e em fotos têm ajudado na identificação de suspeitos de crimes, por exemplo. Aproveitando este movimento, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) decidiu investir nas redes sociais para se aproximar da população e criar novos canais para denúncias. Hoje, os perfis do órgão no Facebook, Instagram e Twitter são utilizados para divulgar as ações da polícia assim como os serviços prestados. Além da SSPDS, delegacias especializadas também estão na rede. “Em relação à Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), a iniciativa vai ao encontro das pessoas, sendo a aproximação com os cidadãos o principal foco do uso das mídias sociais por parte da especializada. Além disso, a medida objetiva facilitar o máximo possível essa comunicação com a população, principalmente no momento da denúncia, para que o trabalho…

Em Portugal, animais deixam de ser 'coisas' perante a lei

Imagem
Embora deixem ser ser considerados “coisas”, os animais continuam sujeitos ao direito de propriedade. O roubo de animais também passa a ser tipificado. (Reprodução)
Desde a segunda-feira, 1º de maio, os animais ganharam um novo status em Portugal: eles deixaram de ser coisas e passaram à classificação “seres vivos dotados de sensibilidade” segundo as leis do país.
Um dos principais objetivos da nova legislação, aprovada em dezembro de 2016 por unanimidade no Parlamento, é aumentar a proteção aos bichos e evitar casos de maus tratos.
De agora em diante, quem se comprometer a cuidar de um animal passa a ter a obrigação legal de assegurar sem bem-estar e qualidade de vida. Ficando assim implícito o dever de manter as vacinas e consultas com o veterinário em dia.
Embora deixem ser ser considerados “coisas”, os animais continuam sujeitos ao direito de propriedade.
A posse formal de um animal, porém, não dá direito “sem motivo legítimo, de infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus t…

Satélite para comunicações e defesa será lançado hoje

Imagem
Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil Satélite para defesa e comunicações será lançado na Guiana Francesa - Foto Divulgação/ArianespaceDivulgação/ArianespaceO Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas será lançado hoje (4), às 17h, do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa. Este será o primeiro satélite geoestacionário brasileiro de uso civil e militar. Adquirido pela Telebras, o equipamento será utilizado para comunicações estratégicas do governo e para ampliar a oferta de banda larga no país, especialmente em áreas remotas. Com 5,8 toneladas e 5 metros de altura, o satélite ficará posicionado a uma distância de 36 mil quilômetros da superfície da Terra, cobrindo todo o território brasileiro e o Oceano Atlântico. A capacidade de operação do satélite é de 18 anos. Inicialmente, o lançamento estava previsto para o dia 21 de março, mas foi adiado por causa de uma greve geral na Guiana Francesa. O lançamento do satélite poderá ser acompanhado pelos sites: ww…

Cinema: «Francisco. O Papa do povo» estreia em Portugal

Imagem
Filme dirigido pelo italiano Daniele Luchetti, um não-católico que partiu à descoberta da vida de Jorge Mario Bergoglio Lisboa, 04 mai 2017 (Ecclesia) - O filme ‘Francisco. O Papa do povo’, dirigido pelo italiano Daniele Luchetti, que descreve a vida de Jorge Mario Bergoglio desde a juventude ao dia da sua eleição pontifícia, estreia hoje nas salas de cinema em Portugal. O filme conta a história do filho de imigrantes italianos na Argentina desde a vocação  religioso, surgida durante os anos  da ditadura militar, passando pelo trabalho pastoral nas periferias de Buenos Aires, até se tornar Papa. Daniele Luchetti disse à Agência ECCLESIA que no início do projeto não sabia "nada" sobre a vida do Papa na Argentina, o que o levou ao país sul-americano para ouvir testemunhos e construir uma "narração" que lhe pareceu coerente e realista, a respeito dos vários eventos relatados. O realizador disse que as palavras do Papa o tocaram com "muita força", tendo por isso …

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado