Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 17, 2022

Uma só coisa é necessária, ouvir Jesus

Alvim Aran* Em nossa sociedade agitada corremos o risco de cair num ativismo cego e acabamos por esquecer do essencial que é Jesus, ou seja, ouvir a palavra de Deus. No evangelho escrito por Lucas (10, 38-41) temos alguns pontos para auxiliar-nos em nossa reflexão, mais especificamente: escuta, dialogo e a palavra encarnada. Do evangelho citado acima destacamos os seguintes trechos: ➢ “Recebeu-o em sua casa” (hospitalidade) ➢ “Ficou sentada aos pés do Senhor” (Escuta) ➢ O diálogo de Jesus com Marta, muito “ocupada pelo muito serviço” doméstico. ➢ E Jesus dizendo, pelas letras de Lucas, que “pouca coisa é necessária, até mesmo uma só”, isto é, ouvir a palavra encarnada de Deus. O primeiro tópico é essencial para nós, pois antes de ouvir Jesus temos que recebe-lo e trata-lo bem como fez Abraão com o hospede (Gn 18, 1-10). A hospitalidade que devemos ter com Jesus deve ser cultivada em todos momentos, em suma, tratar bem as pessoas e acolhê-las como se fosse nossas irmãs e irmãos. Esse ac

Catequese: novo céu e nova terra

 Pe. Geovane Saraiva* O batismo é o primeiro passo da iniciação à vida crista. O batismo é também o nascimento para a vida cristã. Mediante o batismo, homens e mulheres, por serem criaturas humanas, são consagrados como filhos e filhas de Deus, tornando-se templos do Espírito Santo, assim como assegura o apóstolo Paulo: “Pela graça do batismo, que possamos chegar ao estado de homem perfeito à estatura da maturidade de Cristo” (Ef 4, 13). Animados, evidentemente, pela Palavra de Deus, lâmpada para nossos passos e luz para nossas estradas da vida (cf. Sl 15), a Igreja de Deus não para, prosseguindo sua caminhada através da catequese. A catequese a consideramos uma tarefa abundantemente indispensável e relevante, essencial à vida da comunidade de fé. Em tempos de pandemia, vemo-la como um compromisso eclesial neste ano de 2022, o qual se torna enormemente urgente para a Igreja, com sua concretude para nossa Paróquia de Santo Afonso. Daí que acolho, com maior prazer e satisfação, as equipe