Postagens

Mostrando postagens de Setembro 29, 2018

Reunião ordinária mensal da AMLEF - 29 de Setembro 2018

Imagem
Aconteceu hoje, 29 de Setembro de 2018, mais uma reunião ordinária mensal da AMLEF - Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza, na sede do Palácio da Luz, sob a presidência do Acadêmico Dr. Régis Frota e a presença dos patronos e acadêmicos.












Membro da ACL, professor Genuíno Sales morre aos 80 anos

Imagem
Piauiense de nascimento, Genuíno Sales chegou a Fortaleza em 1961, aos 23 anos e se formou em Direito pela UFC. ( Rogério Lima/Divulgação ) Morreu neste sábado (29), aos 80 anos, o professor Genuíno Sales, membro daAcademia Cearense de Letras (ACL) e da Academia Cearense de Língua Portuguesa. O ocupante da cadeira 9 da ACL faleceu vítima de complicações de pneumonia, mas já sofria há alguns anos com Mal de Parkinson. Genuíno, piauiense de nascimento, chegou a Fortaleza em 1961, aos 23 anos. Estudou Direito na Universidade Federal do Ceará (UFC), quando foi contemporâneo do atual presidente da ACL, Ubiratan Diniz de Aguiar. Genuíno Sales também foi professor do Colégio Farias Brito. Sales também foi contista e poeta, tendo publicado os livros Bem na Safena (2000), EntreMentes (2003) e Fins D'água (2005).  Segundo Ubiratan Diniz de Aguiar, a Academia Cearense de Letras disponibiliza sua sede para o velório, mas a família ainda não divulgou os horários e os locais sobre o funeral e o…

Escritora cearense Natércia Campos completaria 80 anos neste domingo (30)

Imagem
por João Soares Neto - Especial para o Caderno 3 Natércia Campos na ocasião de sua posse na Academia Cearense de Letras (ACL), em 2002 Permito-me escrever no presente, amiga Natércia. Como se você estivesse aqui - e quem ousa dizer: não está? - e auscultasse o coração de cada de um de nós. Você vive. Vive nos filhos concebidos, criados e já ramificados em outras vidas. Nos amigos cultivados, nos livros bem urdidos e festejados. Nesse tempo todo de viver, se conhece muita gente. Algumas são especiais. É seleção natural, não adianta forçar. Nestes seus 80 anos, estamos juntos. O válido na amizade é o selo do entendimento sem mentira, trama, desonestidade ou interesse. É, acima de tudo, o enlevo de saber-se ligado, legitimado, sem ser usado. Amigos despejam bálsamos na ebulição da nossa desventura. Funcionam como moderadores e podem até fazer ar de censura, sem dizer palavra. Você é isso. Não é amigo quem fuxica, intriga, ostenta, disputa, bajula e açula. Ter amigos como você é uma bênção…

Haicais

Imagem
Paulo Eduardo Mendes* Os verdadeiros poetas versejam na elegância das colocações literárias de alto nível. Jackson Albuquerque surge em "Mais Haicais e Cinquains" sonorizando um canto de poemas tecnicamente formados para luzir na simplicidade do seu talento. São versos simetricamente formados em estilo próprio de quem vive a literatura no clima da inspiração pura. Livro recheado de palavras "doces, ternas, afetivas" visando transmitir as belezas sentimentais que as emoções tentam preencher nos vazios da alma em trânsito na vida. Jackson consegue a sublimidade de versos na forma belíssima de acomodá-los em "Haicais e Cinquains". Arte dos sensíveis e estudiosos da temática poética. Desabafos de cadência no sentido de cantar saudades. "Mais Haicais e Cinquains" nos brinda com o verbo do encantamento. Singeleza de versos dentro da sistemática própria dos que se agigantam nas letras. O autor dos versos integra o elenco da Academia Metropolitana de Le…

Mais Visitadas

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade

Morre atriz Doris Day, a namoradinha da América

VIVENDO E APRENDENDO