Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 5, 2021

Berço amado e prezado

Pe. Geovane Saraiva* Mesmo quando o dia é exaustivo e o cansaço físico parece dominar, resta-nos a oração a nos envolver ou incorporar por toda a vida humana, na sua completa extensão, tanto nos benefícios temporais quanto nos espirituais. A oração bem que nos desconserta, dando-nos mais do que um relaxamento, apontando-nos para o sentido da remissão dos pecados e da comunhão com Deus, sendo a mais pura e verdadeira esperança: a de experimentar a face de Deus, no mistério do prometido Monte Santo, da cidade de Sião ou da Jerusalém celeste.  Pensemos, pois, na riqueza da oração, mas a partir da graça divina, no esforço por uma conduta coerente e exemplar, a ponto de pautar os rumos da nossa existência pelo conteúdo da oração, fundamento sólido, que não é passageiro nem terrestre. Deus quer que nos afastemos daquilo, por vezes comum, implorar a cura de doenças, o livramento de perigos mortais, calamidades e até castigo para os inimigos. A vida de oração consequente abre a mente e o coraç