Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 30, 2018

Acadêmica Angélica Sampaio toma posse na AQL - Academia Quixadaense de Letras

Palavras da Acadêmica em sua posse no dia 28 de Abril,  ocupando a cadeira 20, que tem como patrono Patativa do Assaré, o grande poeta do sertão, na Sede da AQL - Academia Quixadaense de Letras, em Quixadá, Ceará: "Sobre uma noite tão especial e única: minha posse na AQL (Academia Quixadaense de Letras). A todos que estiveram presentes para prestigiar esse momento inesquecível, o meu muito obrigada. Gratidão pelos abraços, pelas palavras de  parabéns , pelos apertos de mão de  felicitações , pelos votos de sucesso. Eu não poderia chegar aos meus 20 anos de carreira literária de outro modo, com tanta alegria em meu coração. E que satisfação indescritível é poder receber esse reconhecimento d o Sodalício da minha terra natal. Tenho a certeza do dever cumprido, mas também a de que a missão continua. Tudo vem no tempo certo para os que lutam e não esperam por sorte, mas fazem sua trajetória. Após esse ato solene, tenho que honrar com dignidade e sabedoria o juramento, o fardão, o

Nobel da Literatura: mais uma renúncia na Academia Sueca

Sara Stridsberg se junta a outros sete membros da Academia Sueca que também deixaram seus cargos, após um escândalo de abusos sexuais e vazamento de informação A escritora Sara Stridsberg renunciou nesta segunda-feira (30), ao lugar de membro da Academia Sueca, piorando o clima de crise na prestigiada instituição cultural que atribui o Nobel da Literatura. Num curto comunicado, a instituição revelou que Sara Stridsberg pediu na última sexta para "renunciar às suas obrigações enquanto membro" da academia para a qual foi eleita em 2016. Sara Stridsberg se junta a outros sete membros da Academia Sueca que também deixaram seus cargos, após um escândalo de abusos sexuais e vazamento de informação. O escândalo estourou em novembro, quando o jornal Dagens Nyheter publicou a denúncia anônima de 18 mulheres, sobre abusos e agressões sexuais, contra o dramaturgo Jean-Claude Arnault, ligado à academia através do seu clube literário e marido de um dos seus membros, Katarina Fro

Morador da Barra estreia na literatura com livro de frases reflexivas

POR  CAROLINA CALLEGARI 30/04/2018 4:30 Fabiano de Abreu diz que não queria publicar, mas já pensa no segundo livro  - Divulgação / Marcus Ribeiro RIO — Reflexões sobre a vida são a inspiração para Fabiano de Abreu. O hoje assessor de imprensa, que chegou a cursar Psicologia na faculdade mas não terminou, abraçou a escrita de maneira profissional no ano passado, com o lançamento do livro “Viver pode não ser tão ruim”, pela editora Albatroz. A obra reúne frases antes publicadas espontaneamente em seus perfis do Facebook e do Instagram. Abreu, de 36 anos, que se define também como poeta e filósofo, diz que se inspira em suas vivências para escrever, o que faz desde pequeno. Seu primeiro livro, conta, pretende encorajar atitudes que podem tornar a vida melhor e tem frases que visam a estimular a reflexão, como “se a vida fosse justa, entraríamos em constante depressão com a ideia da morte”. O projeto de lançar o livro surgiu numa conversa com um amigo, leitor assíduo de sua

Cursinho preparatório para o Enem 2018 na UFC está com inscrições abertas

Estão abertas inscrições para o preenchimento de 60 vagas do  curso pré-vestibular  do Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará (UFC). O período de matrícula segue até o fim das vagas. As aulas começam dia 14 de maio, com preparatório intensivo para o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ). Podem inscrever-se estudantes que concluíram ou estejam concluindo o ensino médio. A matrícula de alunos menores de idade só é permitida com a presença dos pais ou responsáveis. As matrículas são realizadas das 14h às 19h, no bloco 902 do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra (Av. Mister Hull, s/n), mediante entrega de uma resma de papel A4 e apresentação de cópias do RG e do histórico escolar ou do certificado de conclusão do ensino médio. As aulas serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 18h30min às 22h, e aos sábados, das 8h às 11h30min. Estudantes que ainda estão cursando o segundo ou terceiro ano do ensino médio devem apresentar declaração da escola atestando essa

Belchior - Como o homem e sua obra permanecem, um ano após sua morte

Um ano se passou desde a morte de Belchior, numa madrugada de sábado para domingo. À comoção inicial, porém, seguiu-se o esquecimento habitual em que a trajetória do artista havia deliberadamente mergulhado nos últimos anos, depois de sucessivos episódios novelescos que o atiraram num torvelinho familiar e na precariedade financeira. Sua vida era tão imensa quanto sua obra, afinal. Disso o desaparecimento súbito era prova. A palavra é justa para falar de Belchior: esquecimento. Outra também muito cara: saudade. E uma terceira: fuga. Juntas, compõem esse rol de sentimentos em torno dos quais as músicas e os passos do cantor e compositor orbitavam, ajudando a entender por qual geografia amorosa o cearense se deslocava. Mas outros temas dominaram a sua música. A voz torta e cortante frequentemente aludia a uma inadequação migrante e à busca por um lugar no mundo, agonias presentes no seu cancioneiro. Falava ainda dos não raros aperreios com os de casa e ao desejo de a

Ciclo de cinema exibe filmes brasileiros produzidos no ano de 1968

Será projetado também o longa-metragem O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, baseado na história real do assaltante Paulo Villaça que roubava casas luxuosas. O Bandido da Luz Vermelha, um dos filmes da mostra. (Divulgação) O ciclo de cinema Nas Telas de 1968, com filmes populares e de produção marginal que vão de Andrea Tonacci e Rogério Sganzerla a José Mojica Marins, Ozualdo Candeias, Luís Sérgio Person e, ainda, Roberto Carlos pela câmera de Roberto Farias, será apresentado pelo Itaú Cultural  de São Paulo nos dias 1º, 8 e 22 de maio. O ciclo é realizado 50 anos depois de um dos anos mais revolucionários e conturbados do século 20 – 1968 – marcado por transformações culturais e sociais. A seleção de filmes inclui produções brasileiras vistas pelos espectadores nos cinemas do país num período que marcou o ano de 1968, no seu contexto histórico e político e por sua relevância no mercado cinematográfico brasileiro. Um dos filmes que estarão em exibição está o cur

Sambistas lançam livro que resgata a história da música popular

Essa primeira publicação homenageia músicos que, em sua maioria, não atingiram o estrelato e nunca viveram de suas músicas, mas que são os grandes criadores do samba. Entre os homenageados no livro está Jamelão, conhecido como a voz da Mangueira, ele marcou época. (EBC) Sambistas do Instituto Cultural Glória ao Samba lançaram na tarde desse domingo (29) o livro  Primeiras lições de samba e outras mais , do historiador da música popular brasileira José Ramos Tinhorão, durante uma roda de samba no Instituto Moreira Salles, capital paulista. O lançamento teve a presença do autor, que acaba de completar 90 anos. No evento, foi festejado também o centenário do compositor Geraldo Pereira, com um repertório de composições de sua autoria que são pouco conhecidas. Quando Tinhorão começou a pesquisa sobre o samba, nos anos 1960, para escrever a série de artigos  Primeiras lições de samba  para o  Jornal do Brasil , a bibliografia do assunto era rasa, com apenas dois livros da década d