Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 30, 2018

Acadêmica Angélica Sampaio toma posse na AQL - Academia Quixadaense de Letras

Palavras da Acadêmica em sua posse no dia 28 de Abril, ocupando a cadeira 20, que tem como patrono Patativa do Assaré, o grande poeta do sertão, na Sede da AQL - Academia Quixadaense de Letras, em Quixadá, Ceará:
"Sobre uma noite tão especial e única: minha posse na AQL (Academia Quixadaense de Letras). A todos que estiveram presentes para prestigiar esse momento inesquecível, o meu muito obrigada. Gratidão pelos abraços, pelas palavras de parabéns, pelos apertos de mão de felicitações, pelos votos de sucesso. Eu não poderia chegar aos meus 20 anos de carreira literária de outro modo, com tanta alegria em meu coração. E que satisfação indescritível é poder receber esse reconhecimento do Sodalício da minha terra natal. Tenho a certeza do dever cumprido, mas também a de que a missão continua. Tudo vem no tempo certo para os que lutam e não esperam por sorte, mas fazem sua trajetória. Após esse ato solene, tenho que honrar com dignidade e sabedoria o juramento, o fardão, o diploma de…

Nobel da Literatura: mais uma renúncia na Academia Sueca

Sara Stridsberg se junta a outros sete membros da Academia Sueca que também deixaram seus cargos, após um escândalo de abusos sexuais e vazamento de informação Aescritora Sara Stridsberg renunciou nesta segunda-feira (30), ao lugar de membro da Academia Sueca, piorando o clima de crise na prestigiada instituição cultural que atribui o Nobel da Literatura.
Num curto comunicado, a instituição revelou que Sara Stridsberg pediu na última sexta para "renunciar às suas obrigações enquanto membro" da academia para a qual foi eleita em 2016.
Sara Stridsberg se junta a outros sete membros da Academia Sueca que também deixaram seus cargos, após um escândalo de abusos sexuais e vazamento de informação.
O escândalo estourou em novembro, quando o jornal Dagens Nyheter publicou a denúncia anônima de 18 mulheres, sobre abusos e agressões sexuais, contra o dramaturgo Jean-Claude Arnault, ligado à academia através do seu clube literário e marido de um dos seus membros, Katarina Frostenson.
A…

Morador da Barra estreia na literatura com livro de frases reflexivas

POR CAROLINA CALLEGARI 30/04/2018 4:30 Fabiano de Abreu diz que não queria publicar, mas já pensa no segundo livro - Divulgação / Marcus Ribeiro RIO — Reflexões sobre a vida são a inspiração para Fabiano de Abreu. O hoje assessor de imprensa, que chegou a cursar Psicologia na faculdade mas não terminou, abraçou a escrita de maneira profissional no ano passado, com o lançamento do livro “Viver pode não ser tão ruim”, pela editora Albatroz. A obra reúne frases antes publicadas espontaneamente em seus perfis do Facebook e do Instagram. Abreu, de 36 anos, que se define também como poeta e filósofo, diz que se inspira em suas vivências para escrever, o que faz desde pequeno. Seu primeiro livro, conta, pretende encorajar atitudes que podem tornar a vida melhor e tem frases que visam a estimular a reflexão, como “se a vida fosse justa, entraríamos em constante depressão com a ideia da morte”. O projeto de lançar o livro surgiu numa conversa com um amigo, leitor assíduo de suas postagens. A br…

Cursinho preparatório para o Enem 2018 na UFC está com inscrições abertas

Estão abertas inscrições para o preenchimento de 60 vagas do curso pré-vestibular do Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará (UFC). O período de matrícula segue até o fim das vagas. As aulas começam dia 14 de maio, com preparatório intensivo para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem inscrever-se estudantes que concluíram ou estejam concluindo o ensino médio. A matrícula de alunos menores de idade só é permitida com a presença dos pais ou responsáveis. As matrículas são realizadas das 14h às 19h, no bloco 902 do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra (Av. Mister Hull, s/n), mediante entrega de uma resma de papel A4 e apresentação de cópias do RG e do histórico escolar ou do certificado de conclusão do ensino médio. As aulas serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 18h30min às 22h, e aos sábados, das 8h às 11h30min. Estudantes que ainda estão cursando o segundo ou terceiro ano do ensino médio devem apresentar declaração da escola atestando essa condição. Infor…

Belchior - Como o homem e sua obra permanecem, um ano após sua morte

Um ano se passou desde a morte de Belchior, numa madrugada de sábado para domingo. À comoção inicial, porém, seguiu-se o esquecimento habitual em que a trajetória do artista havia deliberadamente mergulhado nos últimos anos, depois de sucessivos episódios novelescos que o atiraram num torvelinho familiar e na precariedade financeira. Sua vida era tão imensa quanto sua obra, afinal. Disso o desaparecimento súbito era prova. A palavra é justa para falar de Belchior: esquecimento. Outra também muito cara: saudade. E uma terceira: fuga. Juntas, compõem esse rol de sentimentos em torno dos quais as músicas e os passos do cantor e compositor orbitavam, ajudando a entender por qual geografia amorosa o cearense se deslocava. Mas outros temas dominaram a sua música. A voz torta e cortante frequentemente aludia a uma inadequação migrante e à busca por um lugar no mundo, agonias presentes no seu cancioneiro. Falava ainda dos não raros aperreios com os de casa e ao desejo de alucinação, este não…

Ciclo de cinema exibe filmes brasileiros produzidos no ano de 1968

Será projetado também o longa-metragem O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, baseado na história real do assaltante Paulo Villaça que roubava casas luxuosas. O Bandido da Luz Vermelha, um dos filmes da mostra. (Divulgação)
O ciclo de cinema Nas Telas de 1968, com filmes populares e de produção marginal que vão de Andrea Tonacci e Rogério Sganzerla a José Mojica Marins, Ozualdo Candeias, Luís Sérgio Person e, ainda, Roberto Carlos pela câmera de Roberto Farias, será apresentado peloItaú Cultural de São Paulo nos dias 1º, 8 e 22 de maio.
O ciclo é realizado 50 anos depois de um dos anos mais revolucionários e conturbados do século 20 – 1968 – marcado por transformações culturais e sociais. A seleção de filmes inclui produções brasileiras vistas pelos espectadores nos cinemas do país num período que marcou o ano de 1968, no seu contexto histórico e político e por sua relevância no mercado cinematográfico brasileiro.
Um dos filmes que estarão em exibição está o curta-metragem B…

Sambistas lançam livro que resgata a história da música popular

Essa primeira publicação homenageia músicos que, em sua maioria, não atingiram o estrelato e nunca viveram de suas músicas, mas que são os grandes criadores do samba. Entre os homenageados no livro está Jamelão, conhecido como a voz da Mangueira, ele marcou época. (EBC)
Sambistas do Instituto Cultural Glória ao Samba lançaram na tarde desse domingo (29) o livro Primeiras lições de samba e outras mais, do historiador da música popular brasileira José Ramos Tinhorão, durante uma roda de samba no Instituto Moreira Salles, capital paulista. O lançamento teve a presença do autor, que acaba de completar 90 anos. No evento, foi festejado também o centenário do compositor Geraldo Pereira, com um repertório de composições de sua autoria que são pouco conhecidas.
Quando Tinhorão começou a pesquisa sobre o samba, nos anos 1960, para escrever a série de artigos Primeiras lições de samba para o Jornal do Brasil, a bibliografia do assunto era rasa, com apenas dois livros da década de 1930. Foi nece…