Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2018

DUELO HONRADO

Heitor era o príncipe encarregado de comandar o exército troiano e os aliados contra as forças gregas. Respeitado guerreiro e homem honrado, Heitor irradiava coragem e bravura no campo de batalha. Ájax Telamônio, era filho do rei de Salamina, Telamon. Na guerra de Troia, aliado dos gregos, era um guerreiro forte e habilidoso, além de possuir uma estatura magnífica, por isso mesmo, bastante temido. Certa feita, com a retirada de Aquiles dos combates, uma vez que Agamenon mandara buscar em sua tenda, a amada escrava Briseide, causando sua ira, Heitor e Ájax Telamônio travaram um duelo. Travar combates com guerreiros ilustres era uma honra para qualquer soldado. Era assim que Heitor e Ájax se sentiam, eufóricos e privilegiados por lutarem com um oponente de igual ou maior valor. Heitor, na ofensiva, deixa claro a Ájax: “não quero atacar com nenhuma artimanha um inimigo como és, mas, lealmente, tentar alcançar-te”. A luta entre os dois guerreiros é intensa, difícil, perigosa. As longas e br…

Periferia das cidades concentra 87% das bibliotecas comunitárias

Outro dado revelado foi que 66,5% das bibliotecas foram criadas por coletivos – grupos de pessoas do território e movimentos sociais. A prática da leitura compartilhada também faz parte da identidade da maioria das bibliotecas pesquisadas. (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
A pesquisa Bibliotecas Comunitárias no Brasil: Impacto na formação de leitores mostrou que 86,7% dessas bibliotecas estão localizadas em zonas periféricas de áreas urbanas em regiões de elevados índices de pobreza, violência e exclusão de serviços públicos. Do restante, 12,6 % delas estão em zonas rurais e apenas 7% em área ribeirinha.
“Descobrimos que essas bibliotecas estão, em sua maioria, em regiões periféricas. Mas uma grande característica é que essas bibliotecas estão onde o poder público não chega. Elas surgem por essa vontade da comunidade em ter esses espaços, que muitas vezes são os únicos espaços culturais nos territórios”, disse Luís Gustavo dos Santos, mediador de leitura e um dos pesquisadores…

Recife vai sediar sua primeira feira literária infantil

O Recife terá, neste mês de novembro, a sua primeira feira exclusivamente voltada para as crianças. A I Feira da Literatura Infantil (Flitin) vai acontecer entre os dias 22 e 25 de novembro e espera atingir a um público de 30 mil pessoas ao longo de seus quatro dias de funcionamento.

Toda a programação será gratuita, com venda de livros de 12 editoras, shows, mediação de histórias e oficinas voltadas para crianças, adolescentes, pais e professores. O tema desta primeira edição será “Era uma vez…Minha História” - ao mesmo tempo, uma referência ao início de muitas narrativas infantis e à proposta de se inserir a criança como protagonista tanto do evento, como da própria vida que está sendo escrita.

A Flitin está sendo realizada pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), que já é responsável por outros eventos do gênero no Estado (como a Fenelivro, no Recife; a Fenagreste, em Caruaru; e a Felis, em Arcoverde). Na nova iniciativa, a Cepe vai trabalhar em parceria com a Academia Pernambuc…

Artista canadense doa ao Rio de Janeiro estátua 'Jesus sem-teto'

A estátua é uma réplica da escultura doada ao papa e que se encontra na entrada da Esmolaria Apostólica, no Vaticano, que exercer a caridade em nome do Pontífice. Réplica de estátua de sem-teto foi doada à Arquidiocese do Rio de Janeiro. (Vatican Media)
Está em andamento na Arquidiocese do Rio de Janeiro a “Semana da Solidariedade” no âmbito do II Dia Mundial dos Pobres que será celebrado no próximo domingo (18/11).
Segundo o arcebispo da cidade, cardeal Orani João Tempesta, estão sendo realizadas várias iniciativas nesta Semana da Solidariedade, como a audiência pública na Câmara Municipal em preparação da próxima Campanha da Fraternidade sobre Políticas Públicas, o encontro ecumênico sobre o Dia Mundial dos Pobres, e a inauguração, no próximo domingo, da escultura “Jesus sem-teto” doada pelo artista canadense Timothy Schmalz à Arquidiocese do Rio de Janeiro, através da Embaixada do Brasil junto à Santa Sé e a Ordem do Santo Sepulcro.
A estátua é uma réplica da escultura doada ao Pap…

X Exposição do Projeto Amigos em Ação reúne mais de 80 obras de artistas cearenses

Com a proposta de usar a arte em prol da solidariedade, o movimento social Amigos em Ação realiza a 10ª Exposição de Obras de Arte do projeto. A mostra coletiva Amigos em Ação reúne 87 obras de arte entre pinturas, desenhos, gravuras, fotografias e esculturas de 69 artistas plásticos e fotógrafos renomados do cenário local e até internacional, bem como talentos da nova geração das artes cearenses. A exposição será aberta oficialmente na terça-feira, 13 de novembro, às 19 horas, no Hall Principal da CDL de Fortaleza, em evento para convidados. As obras ficarão expostas para visitação pública gratuita até o dia 06 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. Todos os trabalhos foram doados pelos artistas para a campanha anual do projeto Amigos em Ação e participam do tradicional Leilão de Obras de Arte, cujos lances já podem ser feitos pelo telefone (85) 3466.4303 ou através do site da Montenegro Leilões. Este ano, participam artistas como Arivânio Alves, Cecília Bichucher…

AS QUATRO ESTAÇÕES DO COMPORTAMENTO HUMANO

Carlos Delano Rebouças*

Primavera, verão, outono e inverno, quatro estações do ano que representam em mudanças climáticas e temporais, com reflexos inevitáveis na vida das pessoas.
No Brasil, ao contrário da Europa, por exemplo, não são bem definidas, aliás, muito pelo contrário, diga-se de passagem. Uma loucura é sentir-se calor quando que o frio deveria prevalecer, não é? Faz-nos preocupar com as constantes mudanças climáticas, suscetíveis e inconstantes, durante um ano inteiro. Com as estações do ano, nosso humor também muda com a transição das delas em nossas vidas. Passamos a nos comportar e a reagir de acordo com a estação vigente. Passamos a ser elétricos no verão, compenetrados no inverno; apaixonados na primavera e bucólicos no outono.
Independentemente da sua ordem e do hemisfério em que nos encontramos, sempre estamos mudando de estação e humor de maneira sincrônica, com reflexos comportamentais que redundam em diversos aspectos de nossa vida, inclusive, no trabalho. Adota…