Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 27, 2020

O Brasil de antigamente

Temporal lança box com três obras de autoria do dramaturgo Sérgio de Carvalho, em colaboração com o grupo teatral Companhia do Latão O box Três peças da Companhia do Latão(Temporal, 552 pp, R$ 145) contém em edição inédita as peças: Os que ficam, O pão e a pedra e Lugar nenhum. As obras são de autoria do dramaturgo Sérgio de Carvalho, em colaboração com o grupo teatral Companhia do Latão, e lançam olhar sobre o Brasil das décadas de 1960, 1970 e 1980, a partir de perspectivas, personagens e episódios distintos. As três edições aqui apresentadas reúnem textos de Apresentação às peças, por Sérgio de Carvalho. Além de notas sobre o processo de montagem, de autoria de Julián Boal (Os que ficam), Helena Albergaria (Lugar nenhum) e Maria Lívia Goes (O pão e a pedra), na seção “Anexos”, o leitor encontra ficha técnica de estreia de cada uma das produções, Partituras das canções compostas para trilha sonora e Sugestões de estudo sobre a Companhia do Latão e os diversos temas aos quais cada u…

A língua que nos separa

Encontro virtual do Sempre um Papo desta segunda recebe Paulo Ferreira e Tito Couto, da Book Company para falar sobre a disseminação da literatura O Sempre um Papo realiza nesta segunda (27), às 18h, mais uma edição do #SempreUmPapoEmCasa, sua série de encontros virtuais. Com transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook do projeto, os convidados da vez serão Paulo Ferreira, fundador da The Book Company - empresa com sede em Portugal, que sintetiza toda uma abordagem multidisciplinar ligado ao livro, à edição e à leitura -, e Tito Couto, agente literário e consultor editorial, também diretor na Book Company. Com o tema A língua que nos separa, a conversa irá abordar a parceria inédita entre a empresa e o Sempre Um Papo, no sentido de compartilhar em tempo real a programação do projeto Ler Olhos nos Olhos, que visa levar a leitura mais perto dos cidadãos por meio de encontros com escritores. A parceria entre o Sempre Um Papo e o projeto acontece até 16 de dezembro, incluindo 22 conversa…

Flipoços 2020 apresenta sua versão virtual

Versão presencial do evento literário foi transferido para 2021. No lugar, organização lança nesta quarta (29) o novo formato on-line do evento, marcado para acontecer em novembro. No ano em que completa 15 anos de história, o Festival Literário de Poços de Caldas (Flipoços) que, tradicionalmente, abre o calendário de eventos literários no Brasil, se viu obrigado a adiar por duas vezes a sua edição de 2020, por conta da pandemia. Neste período, lançou uma série de encontros virtuais com grandes nomes da literatura e, agora, prepara o lançamento do Flipoços – Feira Virtual do Livro, produto novo que irá ocupar a data antes escolhida para a versão presencial do evento: de 11 a 15 de novembro. Em um encontro virtual marcado para esta quarta-feira (29), às 10h, Gisele Ferreira, curadora do evento, explicará o novo formato aos profissionais do livro. Na oportunidade, o mercado editorial e profissionais do setor serão apresentados ao formato inédito do evento e terão todas as informações r…

Casa das Rosas e Casa Mário de Andrade realizam atividades literárias durante o mês de agosto

A programação dos Museus-Casas Literários terá performance, curso e evento especial dedicado à obra de Haroldo de Campos Casa das Rosas | © André Hoff Os museus Casa das Rosas e Casa Mário de Andrade estão com as inscrições abertas para atividades literárias on-line e gratuitas para o próximo mês. No dia 1º de agosto, das 16h30 às 18h, Pascoal da Conceição encena a performance Mário de Andrade desce aos infernos. O nome é título de um poema de Carlos Drummond de Andrade escrito em memória ao autor modernista. Na sequência, Conceição recita e interpreta A Meditação sobre o Tietê, o último poema do autor. A atividade será desenvolvida na plataforma Google Hangouts Meet. A Casa-museu realiza ainda o curso Introdução ao Ensaio, ministrado por Julio Mendonça, e que introduzirá as questões que fazem do ensaio um gênero em permanente transformação e resistente a definições. Os encontros serão às quartas-feiras, de 5 a 12 de agosto, das 19h às 21h. As inscrições devem ser feitas por meio des…

Entidades se unem para barrar reoneração do livro

Há um consenso entre as entidades de que a reoneração do livro traria impactos negativos para a indústria Há um consenso entre as entidades que a reoneração do livro traria perdas para o setor | © Alf Ribeiro / Shutterstock Na edição de sexta-feira passada, o PublishNews destacou que a desoneração de PIS/Cofins do livro está ameaçada pela proposta de reforma tributária apresentada pelo ministro Paulo Guedes, da Economia, ao Congresso. O que ele propõe é a criação da Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), alíquota de 12% que incidiria sobre a receita bruta apurada com cada uma destas operações e abrangeriam as pessoas jurídicas de direito privado. Se aprovada pelo Congresso, a CBS substituiria PIS, Pasep e Cofins, contribuições das quais o livro está livre desde a promulgação da Lei 10.865, de 2004. A proposta de Guedes elimina regimes de exceções como este vivenciado pelo livro. Na sexta-feira mesmo, as entidades do livro se reuniram para começarem a desenhar …