Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 19, 2017

Dez anos sem Dom Aloísio

Imagem
Padre Geovane Saraiva* A partir do mistério da encarnação, como é importante pensar e meditar na salvação que nos é oferecida como dom e graça! Cristo Jesus, com seu glorioso nascimento, entrou na nossa história e penetrou no profundo do Universo, convencendo-nos de que ele é o centro misterioso de toda a criação. Alicerçados na vontade de Deus, somos chamados sempre mais a buscar sua verdadeira imagem, “na graça salvadora de Deus que se manifestou a todos os homens” (Tt 2, 11).
É na alegre, afável e harmoniosa esperança da frágil criança na manjedoura de Belém, bem dentro do contexto do Natal do Senhor, que recordamos Dom Aloísio Lorscheider, que há dez anos partiu deste mundo (23/12/2007). Quem teve a graça de conhecê-lo, de com ele conviver e trabalhar, pôde atestar, agradecido ao bom Deus, sua vida como sendo uma dádiva do céu para o povo brasileiro, sempre lembrado de sua fecunda presença de 22 anos entre o povo cearense. Era um profeta de voz doce, e, diante da insensatez do mund…

Exposição com obras de Arnaldo Antunes segue em cartaz até dezembro em Fortaleza

Imagem
Segue em cartaz até 22 de dezembro, na Caixa Cultural Fortaleza, a exposição "Palavra em Movimento", que marca 30 anos de produção visual de Arnaldo Antunes. As obras da exposição seguem uma linearidade presente nas composições sonoras do ex-titã, mas indo além e explorando um viés poético que reúne várias linguagens artísticas, entre dimensões verbais, sonoras e visuais. Inaugurada em Fortaleza no dia 18 de outubro, a exposição está aberta para visitação gratuita de terça a sábado, das 10h às 20 horas, e aos domingos, das 12 às 19 horas.  Com temas atuais, as obras presentes na exposição abordam conceitos políticos comportamentais, ecológicos e espirituais. Com obra e processo criativo marcados pelo vanguardismo, a mostra reúne caligrafias, colagens, instalações e objetos poéticos. Além disso, apresenta adesivos, cartazes, áudios e vídeos de trabalhos realizados em toda sua carreira.  A mostra já passou por cidades como São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro e encerra, na ca…

Veja lista com as dez melhores leituras de 2017

Imagem
Fazer uma lista é sempre um risco. Livros maravilhosos podem ser esquecidos e por aí vai. Mas, atendendo pedidos insistentes, fiz um compilado dos dez livros que mais me motivaram em 2017. Tem Raisa Christina, Rupi Kaur, Mia Couto, Ana Miranda. Os livros não formam um ranking. Coloquei em ordem aleatória, ok? Quero saber: quais os melhores livros do ano? Outros jeitos de usar a boca, Rupi Kaur Rupi é rainha. Com um livro de poemas simples e conciso, a indiana criada no Canadá conseguiu uma legião de leitoras e leitores.
Em busca de Watership Down, Richard Adams Lançado pela primeira vez em 1972, o livro conta a história de um grupo de coelhos que precisa sair do seu local de origem após pressagiar a devastação iminente do viveiro.
Claviculário, Anna K Lima Gestado durante dez anos, o livro da escritora cearense Anna K Lima tem fogo, água, terra e elementos ainda não descobertos. É sublime. Uma das leituras que mais me deixou fora do eixo nos últimos anos. O livro saiu em junho de 2017 p…

Twitter reforça regras sobre conteúdo 'de ódio e abusivo'

Imagem
Rede enfrenta críticas sobre sua forma de lidar com usuários que promovem o ódio na rede, o que a levou a eliminar o símbolo azul de verificação de várias contas. O Twitter proibirá qualquer conteúdo que "glorifique a violência, ou aqueles que executarem um ato violento", assim como "imagens de ódio" (AFP/Arquivos)
O Twitter anunciou nessa segunda-feira (18) que começou a aplicar novas regras para filtrar conteúdos "de ódio" e "abusivo" na rede social, incluindo mensagens que promovam ou façam apologia da violência.
Há algum tempo a plataforma enfrenta críticas sobre sua forma de lidar com usuários, grupos e conteúdos que promovem o ódio na rede, o que a levou a eliminar o símbolo azul de verificação das contas de conhecidos nacionalistas americanos brancos no mês passado.
"As ameaças específicas de violência e desejos de dano físico grave, morte, ou doença, a um indivíduo, ou grupo de pessoas, viola nossas políticas", estabelecem as n…

Que o amor nunca entre em liquidação

Imagem
Vídeo inspirador ilustrado com palavras do Papa Francisco
 Aleteia

Presos fazem exame hoje para certificação de ensino fundamental e médio

Imagem
Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil O Encceja é direcionado às pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir os ensinos fundamental e médio em idade própria -Arquivo Agência Brasil Cerca de 73,7 mil candidatos farão hoje (19) e amanhã (20) as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos Privados de Liberdade (Encceja PPL). O exame é direcionado às pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir os ensinos fundamental e médio em idade própria. O Encceja será aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em 1.323 unidades prisionais e socioeducativas, localizadas em 699 municípios. Cada unidade prisional e socioeducativa conta com um responsável pedagógico para representar os participantes na inscrição e certificação. Ele é o responsável pela inscrição e por repassar todas as informações necessárias aos participantes, além de faz…

Governo quer destinar recursos de loterias diretamente a projetos culturais

Imagem
Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil
Brasília - O programa Por Dentro do Governo, da TV NBR, entrevista o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão José Cruz/Agência Brasil O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse hoje (19) que o governo está elaborando um projeto de lei para destinar recursos das loterias federais para projetos culturais. “Diretamente da Caixa para os proponentes. Isso vai ser um programa de fomento à cultura na ordem de R$ 350 milhões. O maior que já foi feito na história do país”, disse Leitão. Atualmente, a Caixa repassa valores arrecadados com as loterias para o Fundo Nacional de Cultura, que funciona por meio da renúncia fiscal; em 2016, foram mais de R$ 359 milhões. O Fundo Penitenciário Nacional, o Fundo Nacional de Saúde, o Programa de Financiamento Estudantil (Fies), a Seguridade Social e o esporte nacional também são beneficiários. Assim como acontece com a Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida como Lei Rouanet, a nova lei deve garantir r…

Mais Visitadas

As dores da humanidade

Tudo começa com o caderno de caligrafia

14 etnias não têm seu idioma original preservado no Estado do Ceará

Adjetivando a vida

Intolerância: arma dos preconceituosos