Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 15, 2019

Dia do Professor: a resistência como forma de salvar a educação pública

Com a vitória de Jair Bolsonaro foram intensificados os ataques aos docentes sobre todas as formas, através do incentivo à perseguição e à censura aos mestres, além de amplos cortes do orçamento do Ministério da Educação, principalmente das universidades federais e da pesquisa e extensão, prejudicando o desenvolvimento da ciência brasileira
No primeiro Dia do Professor – 15 de outubro – sob um governo abertamente fascista, o nosso nome é resistência aos desmandos de um governo que se baseia no não saber, na ignorância, na perseguição às professoras e professores e no corte de investimentos na educação pública, tão essencial para qualquer país que se respeite.
A desvalorização da carreira do magistério ganhou muita força com a posse do governo golpista de Michel temer em 2016 e a implantação do projeto neoliberal de desmonte do Estado e das políticas públicas de combate à pobreza e de incentivos aos estudos. Com a vitória de Jair Bolsonaro para a Presidência da República foram intensifi…

Orquestra de Ouro Preto traz ao Cineteatro São Luiz o espetáculo “O Pequeno Príncipe”

O outubro para as crianças no Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), recebe, nos dias 18 e 19 às 19h, a visita do Pequeno Príncipe em premiado espetáculo da Orquestra de Ouro Preto (MG), atrelando bonecos e orquestra sob inspiração da nostálgica ‘Coleção Disquinho’, que instigou a imaginação de crianças ao longo de 30 anos. A adaptação feita carinhosamente pelo Maestro Rodrigo Toffolo, diretor artístico e regente titular da Orquestra Ouro Preto, recebe música original de um dos mais premiados compositores brasileiros: Tim Rescala. O evento já está com ingressos à venda por R$10 (meia) e R$20 (inteira) na plateia inferior e R$15 (inteira) e R$7,50 (meia) na plateia superior – visibilidade comprometida). Saindo de seu planeta, o principezinho conhece um rei com seu cravo, um homem de negócios e seu xilofone e um geógrafo com sua flauta, até chegar a um planeta azul – o nosso planeta. No deserto do Saara, inicia sua caminhada ao lado de um …

Porto Iracema realiza, no dia 17 de outubro, a Abertura da Mostra Poéticas das Águas

A mostra Poéticas das Águas, realizada pelo Porto Iracema das Artes em parceria com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), tem solenidade de abertura marcada para o próximo dia 17, às 19h. O evento acontece no Pátio da Escola e contará com a presença das equipes pedagógicas do Porto e da Cagece, com a participação dos autores das 20 obras selecionadas para a exposição.
Os artistas são Allan Matheus Rodrigues Alves; Bárbara de Moira; Ca.Breu; Clébson Oscar; Felipe Costa; Ailton Santana; Isaac Silva; João Paulo Duarte de Sousa; João Castro; Leticia Belo; Levi Lima; Lívio do Sertão; MDias Preto; Natali Carvalho; Índiia Favelada; Naya Oliveira; Rômulo Silveira; Sidnei Maia; Valquíria Rodegheri; Víctor Fernandes; Vitória Helen; Lídia dos Anjos; Fernanda Barros; e Lanna Carvalho.
Os trabalhos foram desenvolvidos por jovens de 15 a 29 anos, que integram ou já integraram a rede de ensino pública cearense – esse é o público prioritário das ações desenvolvidas pelo Porto Iracema. A cria…

Feira do Cordel Brasileiro traz atrações com programação gratuita

A quarta edição do evento acontece na Caixa Cultural Fortaleza entre os dias 17 e 20 de outubro
Respirar entre a tradição e a modernidade: essa é a proposta da IV Feira do Cordel Brasileiro, que acontece de quinta-feira (17) a domingo (20), na Caixa Cultural Fortaleza. Este ano, o evento é apadrinhado pelos mestres da cultura Chico Pedrosa e Bule-Bule, e homenageia Jackson do Pandeiro (centenário), João Melchíades Ferreira (sesquicentenário), Alberto Porfírio (in memoriam) e o comunicador Carneiro Portela. Cada homenageado ganhará o nome de um palco/espaço, a ser ocupado com lançamentos literários, exposição de obras raras, vendas de folhetos, livros, camisetas e CDs, além de shows, recitais, palestras, oficinas de xilogravura e de cordel. "É uma grande celebração da cultura popular, mais especialmente da literatura de cordel, esse gênero literário que consegue dialogar com todas as outras artes: cinema, teatro, televisão, histórias em quadrinhos, ilustração. E assim chega a tod…

Rapper Queen Latifah será homenageada em Havard por contribuições para a cultura negra

Entre as ações em prol na cultura negra, cantora se destacou no rap por abordar questões sofridas pelas mulheres negras A instituição de ensino vai conceder a medalha WEB Du Bois para a artista e a outras seis pessoas. (Norman DeShong/Divulgação)
A atriz e cantora Queen Latifah, que estará no musical para TV de A Pequena Sereia, foi reconhecida e será homenageada este ano pela Universidade de Harvard, dos Estados Unidos, por suas contribuições para a história e cultura negra. A instituição de ensino vai conceder a medalha WEB Du Bois para a artista e a outras seis pessoas no dia 22 de outubro, segundo o "Hutchins Center for African & African American Research", um instituto de pesquisa científica em Cambridge (EUA). Entre os homenageados estão a poeta e educadora Elizabeth Alexander, secretária da "Smithsonian Institution Lonnie Bunch III", a poeta Rita Dove e Sheila Johnson, cofundadora da "Black Entertainment Television". Dentre suas ações em prol n…

Professores incentivam e alunos se tornam medalhistas em olimpíadas

Aulas nos fins de semana, criação de torneios próprios, aulas pelo computador. Os componentes da fórmula que leva estudantes de escolas públicas a vencerem olimpíadas de diversas áreas são os mais variados, mas um é ter alguém que acredita neles. No Dia do Professor, comemorado hoje (15), a Agência Brasil conversou com professores que formaram alunos premiados sobre os diferenciais que os levaram ao pódio. “Acredito muito na educação como agente transformador e faço questão que os alunos percebam que acredito nisso e que acredito neles”, diz o professor de Matemática Deivison de Albuquerque da Cunha. “O que eu faço, na prática, é estar ao lado dos estudantes, não permitindo que eles desistam. Falo para não desistirem, para tentar de novo. O erro faz parte do aprendizado, errar não torna o aluno incapaz” afirma. Cunha é professor na Escola Municipal Alberto José Sampaio, na Pavuna, bairro do Rio de Janeiro com um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do município, com alt…