Postagens

Mostrando postagens de Abril 21, 2018

Garota de 7 anos de Itapebussu impressiona por sua capacidade de declamar cordéis

Imagem
A cultura popular é vivida e mostrada de diversas formas, no Nordeste, por exemplo através das poesias e dos cordéis. O cordelista é o repórter da vida do Nordeste. Por isso, grandes nomes como Patativa do Assaré, Chico Salles e Alberto Porfírio são referências. Em Itapebussu, distrito de Maranguape, uma pequena garotinha vem fazendo sucesso. Com 7 anos, Samya Abreu tem surpreendido a todos com a habilidade de decorar e declamar cordéis que tanto aprecia, alguns com mais de 35 estrofes.
Tribuna do Ceará

Novo amanhecer

Imagem
Paulo Eduardo Mendes* Noite. Dormir. Acordar. Dia. Novo amanhecer. Parece vulgar rotina. Dizer obviedades. Não é. Buscamos encaixar um novo amanhecer. Desprezar os resíduos negativos do dia anterior. Oportunidades diuturnas. Refazer procedimentos. Tentar renovação. Construir novos parâmetros. Viver novo dia. O novo amanhecer tenta mostrar outro caminho. Trazer a beleza dos sonhos edificantes. Ilustrar o despertar com a alegria dos reencontros. Novo Amanhecer! Prece viva para novas conquistas. Força natural para vencer obstáculos que às vezes consideramos intransponíveis. A luz do esclarecimento projetando o clarão necessário para a visão à distância. Olhar e descortinar o amanhã com a esperança de encontrar o novo. O repouso do corpo traz o vigor para enfrentar novas procelas. Os traumas da mente são recondicionados pelo sonho. Sonhar com um ente querido já no outro lado da vida é reconfortante. Seria um reencontro feliz? - Tudo parece mostrar o lado humano das nossas convivências. Po…

Museu da Imagem e do Som tem desafio sob nova gestão de Xico Aragão

Imagem
por Roberta Souza - Repórter Xico Aragão: "não é só catalogação, mas recuperação das informações" ( Foto: Fabiane de Paula ) Já não é mais Dilmar Miranda quem está à frente da direção do Museu da Imagem e Som do Ceará (MIS-CE). O professor, que havia substituído o memorialista Nirez em fevereiro de 2015, entregou o cargo de forma silenciosa, em dezembro passado, para cuidar de assuntos pessoais. Antes de sair, porém, ele indicou um nome amigo, que já trabalhava como seu assessor no equipamento da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), o mestre em museografia Xico Aragão. > Mais espaço para as artes visuais  A trajetória do novo gestor não é curta. Funcionário público do Estado há 20 anos, ele chegou a atuar como economista na Secretaria do Trabalho e Ação Social, mas, nos anos 2000, após voltar de um mestrado na Universidade Politécnica da Catalunha, em Barcelona, passou a integrar a equipe técnica da Secult. À época, o secretário da cultura era o jornalista Nil…

Na escola de branco, um professor índio

Imagem
Transmitir conhecimentos e práticas sobre espiritualidade, crença, cultura, geografia, modo de vida, canto, dança e pintura dos kanindé é uma das atribuições do professor Antônio Saraiva Gomes, 32 anos, o Júnior Kanindé. As aulas têm ainda maior importância pelo cenário: uma "escola de branco" no Centro do município de Canindé. Na Escola de Ensino Médio em Tempo Integral Capelão Frei Orlando, a oferta da disciplina eletiva (opcional) "História, cultura afro-brasileira e indígena em Canindé" atraiu 30 alunos do 1º e 2º ano, muitos sequer tinham conhecimento da etnia Kanindé na região. "É muito diferente de eles pegarem um livro, que retrata o indígena nu e apenas dentro da tribo. O professor está quebrando esse estereótipo, mostrando que o índio faz parte da nossa vida. E isso é muito positivo, esse conhecimento diferenciado dos nossos alunos", afirma a diretora Idayana Bezerra.
Formado na primeira turma Pitakajá (UFC), em 2016, Júnior tem oito anos de ex…

Cultivo de saberes na Aldeia dos Tapebas

Imagem
A escolinha que funcionava debaixo de um pé de manga na década de 1990, certa vez ganhou teto, paredes, salas de aula, banheiro, biblioteca, quadra, e levou esperança para a aldeia Lagoa dos Tapeba, bairro Capuan, em Caucaia. Desde a inauguração do prédio da Escola Indígena Índios Tapeba, em 2006, mais crianças e adolescentes passaram a ter acesso à educação diferenciada. Hoje são 16 professores e 230 alunos divididos em 13 turmas da educação infantil, ensino fundamental e médio. Fundada em 1990, é uma das escolas indígenas pioneiras no Ceará, junto à Escola do Trilho, também Tabepa (Caucaia), segundo a diretora Leidiane Costa, formada em história e aluna do Kuaba. Legislação Segundo Naara Tapeba, coordenadora da escola, o currículo destes alunos é bem diferenciado, pois além das disciplinas tradicionais, eles têm aulas de arte, cultura, artesanato, expressão corporal e espiritualidade. No ensino médio, os adolescentes aprendem mais com as aulas de sociologia e legislação indígena. &q…

Espetáculo teatral Freedie Rock Star abre a edição 2018 do programa Minas Pocket

Imagem
O espetáculo acontece na Sala Juvenal Dias, no Palácio das Artes. A entrada é gratuita, com retirada de ingressos 30 minutos antes da apresentação. Apresentação gratuita é configurada para possibilitar o encontro do público com o ídolo Freddie Mercury, mais de 25 anos depois de sua morte. (Divulgação)
Com a proposta de integrar diferentes segmentos culturais, a Fundação Clóvis Salgado inicia a segunda edição programa Minas Pocket, iniciativa que reúne profissionais de várias áreas do segmento artístico. No próximo espetáculo, o público poderá conferir gratuitamente a mistura de teatro, documentário e show em Freddie Rock Star – The show must go on!, que tem pesquisa e cocriação do escritor e encenador teatral Juarez Guimarães Dias (dramaturgia e encenação) e do ator, produtor e publicitário Fábio Schmidt (atuação).
A apresentação é configurada para possibilitar o encontro do público com o ídolo Freddie Mercury, mais de 25 anos depois de sua morte, prestando uma homenagem ao ídolo da b…

Mais Visitadas

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

VIVER A SEMANA SANTA

Praça Luiza Távora, em Fortaleza, abrigou castelo

Festival de literatura promove ‘maratona’ com 40 atividades em Bauru

Cientista político lança livro sobre a influência da Lava Jato no eleitor