Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2020

Combate ao suicídio

Padre Geovane Saraiva*Alegoria maior, a de São Francisco de Assis, ao desmontar do fogoso cavalo do orgulho e da autossuficiência, querendo ser a menor de todas as criaturas, foi chamar a atenção para o valor indizível da vida como um todo. Com seu espírito aberto ao mistério do absoluto, ele quer fertilizar o deserto interior da humanidade, falando-nos, ao coração, da vida como dom e graça, como condição, em última palavra, para participarmos da fraternidade universal, com todos os que buscam o misterioso sonho da vida sem ocaso. À medida que a pessoa humana entende que é necessário palmilhar, com mais elevada disposição, o seu percurso natural, interiormente, cresce e se realiza como irmão entre irmãos.O dia de combate ao suicídio, 10 de setembro, nos ajuda a pensar numa reflexão solidária, a partir das pessoas que sofrem e que carregam consigo uma enorme angústia, aquela precisamente de "sair de circulação", de suprimir e de se desfazer da própria vida. Não é fácil para m…

Pandemia muda homenagens às vítimas dos atentados de 11/9

A pandemia do novo coronavírus, que atingiu Nova York com força durante vários meses, deixando milhares de mortos, mudou não apenas a vida cotidiana na maior cidade dos EUA, como também as homenagens para as mais de 3 mil vítimas dos atentados contra o World Trade Center, que completam 19 anos nesta sexta-feira (11). Máscaras, distanciamento social e homenagens com menos pessoas marcam a homenagem no ano do coronavírus aos mortos no 11 de setembro de 2001Por R7A tradicional leitura dos nomes das vítimas que morreram depois que os aviões atingiram as torres gêmeas na manhã de 11 de setembro de 2001 foi modificada. Nos anos anteriores, os familiares de cada uma das pessoas liam os nomes delas em uma cerimônia que se tornou tradicional.Este ano, em uma tentativa de evitar aglomerações, a leitura dos nomes será gravada previamente e exibida em uma transmissão pela internet. O mesmo vai acontecer nas cerimônias em homenagens às pessoas que morreram na queda do voo 93, na Pensilvânia, e no P…

Entre a poesia e a literatura infantil

Estação das Letras está com inscrições abertas para duas oficinas que iniciam no dia 14/09
O Instituto Estação das Letras – que reformulou o seu site – está com inscrições abertas para duas oficinas que iniciam no dia 14 de setembro. A primeira delas é sobre Literatura infantil e juvenil, comandada pela autora Marcia Cristina Silva. Na oficina introdutória, Marcia irá apresentar a literatura infantil e juvenil contemporânea através do jogo poético entre escrita e imagem. Já a segunda é uma oficina introdutória de poesia, destinada a novos autores. Ministrada por Suzana Vargas, as aulas irão trabalhar a produção poética dos alunos e ao final do curso, a turma poderá ter seus textos reunidos em um breve volume a ser publicado/negociado com editoras. As duas oficinas iniciam no dia 14 de setembro com aulas às segundas. Para mais informações é só clicar nos links correspondentes.Via PUBLISHNEWS

Ação “20 Horas de Literatura” comemora os 20 anos da Feira Internacional do Livro de Ribeirão

Com a participação de autores e educadores do cenário brasileiro, a comemoração será feita em uma plataforma digital recém-lançadaA Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto promove, em parceria com o Sesc Ribeirão e a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, a ação “20 Horas de Literatura” para comemorar os 20 anos da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL), entre os dias 14 e 18 de setembro. Com a participação de autores e educadores do cenário brasileiro, a comemoração será feita em uma plataforma digital recém-lançada. O canal transmitirá as atividades ao vivo direto do Theatro Pedro II. Em alguns casos, haverá ainda interação em videoconferência com os palestrantes. Na ocasião, também será lançado um e-book “20 palavras. Leituras sobre o Agora”, contendo os textos dos convidados.DigitalCom formato 100% digital para as 20 horas de literatura, o objetivo é  promover debates sobre literatura, educação e cultura. Para Adriana Silva, presidente interina da Fundação e cu…

História econômica

O pensamento econômico, ao longo do tempo, apresentou modificações significativas. Escolas como a Mercantilista, a Clássica, a Marxista, a Neoclássica, a Liberal, dentre outras, mostraram a importância da Filosofia e da Matemática. Sem dúvida, em todas as Escolas, destacaram-se as bases filosóficas objetivando o entendimento da realidade.Já a Matemática foi utilizada com vistas a investigar relações abstratas e lógicas. Com certeza, o progresso econômico e a conscientização das pessoas motivaram o surgimento de teses na área econômica, abrangendo, também, conceitos de ordem política e social.Cientistas e estudiosos como Adam Smith, Stuart Mill, Marx, Hegel, Max Weber, Marshall e mais recentemente Keynes desenvolveram teorias fundamentadas em diretrizes filosóficas. Por outro lado, Petty, Quesnay, Walras e Leontief, por exemplo, deram ênfase a conceitos matemáticos nas suas teses do equilíbrio econômico geral.Tanto a Filosofia como a Matemática são importantes na formulação de política…

Você atrai aquilo que...

Terrores cotidianos que nos perseguemAlguma força estranha faz com que a gente atraia justamente aquilo que não suporta (Unsplash/Dan-Cristian Padure?) Fernando Fabbrini*Volta e meia alguém comenta a chamada "lei da atração", teoria interessante que afirma que a gente atrai exatamente aquilo em que crê. Ou seja: se você acredita em Papai Noel, o bom velhinho descerá pela chaminé e botará um presente junto à sua lareira. (Desde que você providencie chaminé e lareira no calorão do próximo dezembro). Entretanto, ando bastante interessado no inverso. Acredito que alguma força estranha faz com que a gente atraia justamenteaquilo que não suporta ?" para nos testar ou só de sacanagem.Um amigo tem neura de fios de cabelos, resíduos suspeitos e objetos não identificados na sua refeição. Claro que ninguém gosta desses condimentos no prato. Porém, o caso dele é de exagero, um pavor exacerbado, uma fobia digna de psicanalista. Imaginemos, então, que esse indivíduo esteja num jantar …