Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 19, 2020

Eis o caminho

Concordamos com a ideia de que a educação deve ser proporcionada a todos por ser um direito e uma condição para o pleno desenvolvimento da pessoa humana. Além de constituir um direito, a educação também é um dos principais fatores, senão o mais importante, do desenvolvimento dos países. É fundamental que as nações entendam, em primeiro lugar, que a educação não é um gasto, mas um investimento. Em segundo lugar, é um investimento de longo prazo que deve expressar o compromisso de gerações e ser elevado a um projeto do Estado Democrático, para além das divergências partidárias das forças políticas que momentaneamente ocupam os papéis de governo e oposição. Ademais, deve-se buscar a articulação dos diversos atores sociais, somando esforços de governos, setores empresariais e trabalhistas e da sociedade em geral. Há uma evidente correlação entre os níveis educacionais, cognitivos e comportamentais, das populações e o desenvolvimento dos países. Com a ampliação de novas tecnologias

Morre o ator Ian Holm, o Bilbo Bolseiro da saga 'O Senhor dos Anéis'

O ator britânico  Ian Holm , conhecido por viver  Bilbo em "O Senhor dos Anéis"  e Ash em "Alien, O Oitavo Passageiro",  morreu, aos 88 anos , nesta sexta-feira (19). O agente do ator confirmou a notícia ao jornal The Guardian, citando  complicações de Parkinson  como causa da morte. " Ele morreu pacificamente no hospital , com sua família e seu cuidador. Ian era charmoso, gentil e talentoso, e vamos sentir falta muita dele", escreveu o agente. Os últimos dias de vida de Ian foram registrados pela esposa,  Sophie Destempel , por meio de fotos no Instagram. Holm nasceu em 12 de setembro de 1931, na cidade de Goodmayes. O filho de médicos escoceses foi  indicado ao Oscar e venceu um Bafta por seu papel em "Carruagens de Fogo" , um dos filmes de esporte mais célebres do cinema. O ator também  ganhou um Tony , considerado o maior prêmio do teatro americano, em 1967, pelo papel na  peça "The Homecoming",  de Harold Pinter. Bilb

Prêmios e festivais literários como políticas públicas culturais

Três vencedores do Prêmio SP de Literatura participam de webinar sobre concursos e festivais literários Três autores que venceram o Prêmio São Paulo de Literatura em edições passadas são convidados do webinar  Prêmios e Festivais Literários como Políticas Públicas Culturais , marcado para acontecer na próxima terça-feira (23), das 18h30 às 20h30. A mediação ficará a cargo da educadora e escritora Patricia Anunciada. Participarão do webinar o natalense Estevão Azevedo, vencedor do prêmio de Melhor Livro do Ano em 2014, com  Tempo de espalhar pedras  (Cosac Naify); o paulistano Rafael Gallo, ganhador em 2016 do prêmio de melhor autor estreante com menos de 40 anos, com  Rebentar  (Record), e a paulistana Aline Bei, que em 2018 levou o prêmio de autora estreante com menos de 40 anos por  O peso do pássaro morto  (Nós). Para se inscrever, basta entrar no site do  SisEB , seguir as instruções e aguardar a confirmação por e-mail. O link para acesso à plataforma será enviado um dia ant

Prêmio Sesc de Literatura 2020 anuncia vencedores

Caê Guimarães foi o escolhido na categoria Romance com ‘Encontro você no oitavo round’ e Tônio Caetano, na categoria Conto, por ‘Terra nos cabelos’ Caê Guimarães e Tônio Caetano | © Fabrício Zuoloco e © Rafael de Oliveira  O Prêmio Sesc de Literatura anunciou os vencedores da sua edição de 2020 nas categorias Romance e Conto. Em 17 anos de história, o prêmio ganhou importância ao oferecer oportunidades a novos escritores e impulsionar a renovação no panorama literário brasileiro e hoje é considerado referência por críticos literários e visto como porta de entrada para o mercado editorial no Brasil.  Este ano, foram inscritos 1.358 livros, sendo 692 romances e 666 contos. Os vencedores foram o capixaba Caê Guimarães, na categoria Romance, por  Encontro você no oitavo round,  e o gaúcho Tônio Caetano, na categoria Conto, por  Terra nos cabelos.  Caê Guimarães nasceu em 1970 no Rio de Janeiro. Foi criado no Espírito Santo, onde vive atualmente. É poeta, escritor, jornalist