Postagens

Mostrando postagens de Março 12, 2018

São José, esperança dos cristãos

Imagem
Padre Geovane Saraiva* O caminho da bondade e da humildade, em São José, contrapõe-se aos grandes do mundo, incapazes de gerar esperança e de construir caminhos sólidos, sobretudo tendo como destinatários os fracos e empobrecidos. Por mais que o ser humano seja independente, autossuficiente e autônomo, Deus, na sua graça, quer entrar em sua história, respondendo aos anseios dos homens de todos os tempos. São José, um santo inigualavelmente grande, é declarado Patrono da Igreja Universal, advogado dos lares cristãos e modelo dos operários, que nos inspire em nossa realização neste mundo e no outro. Pouco sabemos sobre sua vida, mas ela foi um sinal fecundo de esperança, transmitida aos seguidores de Jesus através dos Evangelhos, o suficiente para destacar, de modo inaudito, a importância do Carpinteiro de Nazaré na história do povo Deus.
Voltemo-nos para São José, pensando na vida dos cristãos dos nossos tempos, por ocasião da Quaresma, ao se aproximar a Paixão de Jesus, sua morte e re…

Acontecerá o I Festival de Fotografia em Quixadá e Quixeramobim, no Sertão Central

Imagem
O evento acontece em Quixadá e Quixeramobim (Ceará), entre os dias 13 a 17 de março de 2017, e conta com apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).Entre os dias 13 e 17 de março de 2018, os municípios de Quixadá e Quixeramobim, no Ceará, sediarão o I Festival de Fotografia do Sertão Central, o QXAS. Ao deslocar o eixo do litoral para o sertão, o Festival reafirma a força deste território em termos artísticos, sociais, políticos e poéticos, atraindo fotógrafos de todo o país e dando visibilidade à produção local. Além de exposições fotográficas, o Festival terá workshops, palestras, leituras de portfólio, lançamentos de livro e oficinas em escolas públicas. Serão dias de intensa imersão fotográfica. O QXAS é uma realização do Instituto da Fotografia (Ifoto) e do Fórum Cearense da Fotografia.Nesta primeira edição, o QXAS tem como tema “O sertão de Antônio Conselheiro”, beato nascido em Quixeramobim, responsável por liderar uma guerrilha nordestina que tencionou as oliga…

Tony Ramos fala sobre o livro que lhe revelou a força da literatura

Imagem
Tony Ramos
A leitura, para mim, sempre fez parte de descobertas. Ela começa lá atrás, com um tio que me dava muito livro de presente. No dia em que fiz 7 anos, ele me deu uma publicação da editora Prado, capa marrom dura, com ilustrações em nanquim. Era uma edição para público infantojuvenil de "Dom Quixote". E falou: "você está entrando na idade da razão. É importante você ler esse livro, que fala do comportamento humano."Nunca elegi "O Estrangeiro" como o livro de toda a minha vida, mas ele é emblemático para mim. Ele poderia virar meu livro de cabeceira, assim como a obra completa de Machado de Assis ou "Mon Dernier Soupir" ["Meu Último Suspiro"], autobiografia de Luis Buñuel.Mas foi com Camus que comecei a perceber a literatura e sua profundidade. Li "O Estrangeiro" em 1971 ou 1972, ali com meus 23 aninhos. Estávamos numa ditadura militar terrível. Eu fazia teatro e televisão; estava naquela época em que você quer se aper…

Fundação Iberê Camargo inaugura exposição em sintonia com a literatura

Imagem
A literatura e a imagem da noite como um território desconhecido, dos sonhos e da ficção são os temas da nova exposição da Fundação Iberê Camargo (FIC). Inaugurada no último sábado, Unânime Noite – Volume 3 reúne obras de 30 artistas contemporâneos, articulando nomes de destaque na cena local, nacional e internacional. Trata-se da terceira edição da mostra, que já foi realizada na galeria Bolsa de Arte de São Paulo, em 2015, e no Centro de Arte Contemporânea de Vilnius, na Lituânia, em 2016. A exposição parte da proposição do diretor artístico da FIC, Bernardo de Souza, que se inspirou na literatura pensando em si mesmo como autor e na mostra como um romance no qual cada obra é uma pista para construção da narrativa. Por isso, o primeiro artista convidado a participar foi o escritor e curador lituano Raimundas Malasauskas, que escreveu o texto You Know (espécie de primeiro capítulo da mostra). Souza enviou o texto aos outros artistas, que responderam com obras (muitas inéditas) a ele …

Começa amanhã o Qxas, I Festival de Fotografia do Sertão Central

Imagem
Teresa MonteiroO Sertão Central como paisagem e perspectiva para novos olhares, encontros e descobertas. A partir de amanhã, 13, e prosseguindo até sábado, 17, as cidades cearenses de Quixadá e Quixeramobim (distantes, respectivamente, 167 e 203km de Fortaleza) sediarão o Qxas – Festival de Fotografia do Sertão Central. Em sua primeira edição, o evento contará com uma extensa programação que vai de lançamentos de livros e exposições a workshops, palestras, oficinas e leituras de portfólio, com a presença de profissionais locais, nacionais e internacionais.Festas religiosas pelo Brasil e o mundo destacam o trabalho do fotógrafo documental Guy Veloso (PA)
Tendo à frente o Instituto da Fotografia (Ifoto) e o Fórum Cearense da Fotografia, o I Qxas vai se debruçar sobre o tema O Sertão de Conselheiro, numa referência ao centenário de nascimento do beato e aos 120 anos do massacre conhecido popularmente como Guerra de Canudos. “Sou filho de Quixeramobim, mas, quando criança, essas histórias …

Mais Visitadas

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Um mestre da literatura em Londrina