Postagens

Mostrando postagens de Setembro 19, 2014

A alegria em viver a ternura de Deus

Imagem
Padre Geovane Saraiva* Dedicar-se à ternura de Nosso Senhor Jesus Cristo não é, de modo algum, voltar-se para um pieguismo ou devocionismo sentimental, exagerado ou inexpressivo. Quer, sobretudo, revelar o agir de Jesus, ensinando-nos o que de mais humano existe em Deus e, por outro lado, manifestando o que de mais divino existe na criatura humana, imagem e semelhança de Deus (cf. Gn 1, 26s). Neste sentido, não podemos prescindir nem mesmo de arriscar a nossa própria vida, desde que para bem cumprir o projeto do Criador e Pai. “Deixar escapar a ternura é deixar escapar a vida. E como não há vida sem risco, assim também não há ternura sem riscos” (Carlo Rocchetta). A compreensão da ternura de Deus requer uma sábia capacidade dos cristãos de acolher a beleza preciosa e transcendente realidade da criação, na qual se percebe com clareza os sinais de Deus e para qual se dirige constantemente seu terno olhar. É indispensável que se crie condições que favoreçam e despertem nos seres humanos, …

Mais Visitadas

Erasmo Carlos tem retratados seus dias de Jovem Guarda em 'Minha Fama de Mau'

Monteiro Lobato é tema de contação de histórias em livrarias de São Paulo

Filme 'No Portal da Eternidade' faz da loucura do artista Vincent van Gogh um caso de lucidez

Vocação de pescadores de homens

Mostra inédita de Paul Klee começa quarta-feira em São Paulo