Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 30, 2016

O mistério da manjedoura

Padre Geovane Saraiva* O clima alegre e esperançoso do Natal do Senhor favorece-nos a um bom mergulho no projeto de Deus. Para que essa esperança não seja passageira, somos convidados a contemplar o contexto misterioso da manjedoura, numa atitude de oração, louvor, agradecimento e súplica. Na missa da noite de Natal de 2016, na Basílica de São Pedro, o Papa Francisco falou de uma noite de glória, alegria e luz, e recordou as crianças que “jazem nas miseráveis manjedouras de dignidade”. Disse que no Menino Deus “faz-se concreto o amor de Deus por nós”. Na simplicidade e fragilidade de um recém-nascido está Deus, e não na “sala nobre de um palácio”[1].
A contemplação do mistério do amor de Deus, visivelmente expresso na manjedoura, com toda sua forte simbologia, é claro que indica mudança interior. A reflexão do Santo Padre leva em conta as angústias e as dores, nas quais o mundo está envolvido, asseverando: “É um Menino que nos interpela e que nos chama a deixar as ilusões do efêmero pa…

A AMLEF deseja a todos Um Feliz Ano Novo!!!

A AMLEF deseja um ano 2017 para quebrar barreiras, lutar pelo que se acredita, concretizar.  Feliz Ano Novo!

Homens de Neandertal eram canibais, confirma novo estudo

Os homens de Neandertal que viviam nas cavernas de Goyet, no que hoje é território belga, não comiam apenas cavalos e renas para se alimentar, mas também carne humana, indica um novo estudo internacional. Isso fica demonstrado pelos corpos despedaçados ou pelos ossos fraturados para que a medula fosse retirada encontrados na região. "É irrefutável, o canibalismo era praticado aqui", explica o arqueólogo belga Christian Casseyas enquanto percorre a chamada terceira caverna de Goyet, situada em um pequeno vale perto das Ardenas belgas (sul). Estátua mostra como seria exemplar de neandertal, em museu na Croácia (Foto: Frumm John/Hemis.Fr)

Bibliotecas municipais cearenses passarão a contar com setor braille

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) está entregando kits de implementação e modernização de setor braille em bibliotecas de diversos municípios cearenses.Foto: Divulgação / Internet A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) está entregando kits de implementação e modernização de setor braille em bibliotecas de diversos municípios cearenses. A ação de acessibilidade cultural foi possibilitada com recursos federais, fruto de convênio entre a União e o Governo do Estado, para o projeto "Modernização e Implementação do Setor Braille nas Bibliotecas Municipais do Ceará". Ao todo, são R$ 2 milhões em recursos do Ministério da Cultura e R$ 500 mil da Secult. Entre os municípios que já receberam parte dos equipamentos estão Pindoretama, Acaraú, Ibiapina, Deputado Irapuan Pinheiro, Brejo Santo e Quixelô, além de Fortaleza, onde a Biblioteca Dolor Barreira também foi contemplada. Ao todo, serão 52 cidades beneficiadas, com um total de 53 bibliotecas recebendo…

Desejos de crianças são realizados

O espírito natalino que permeia o mês de dezembro aguça a imaginação da criançada e é marcado também pelo envolvimento com a fantasia do bom velhinho. Brinquedos, eletrônicos e outros presentes são campeões entre as cartinhas ao Papai Noel. Mas há também aqueles desejos que surpreendem, pela simplicidade e, principalmente, pelo espírito de fraternidade, que se intensifica nesta época do ano. Alguns desses desejos foram atendidos pelo concurso de cartinhas do Natal na Praça, realizado pelo Sistema Verdes Mares, durante as sextas-feiras de dezembro, na Praça da Imprensa Chanceler Edson Queiroz, em Fortaleza. O concurso premiou com presentes os oito textos mais criativos baseados no tema: "por que eu mereço ganhar um presente do Papai Noel". Seriam três cartas selecionadas, mas foram tantas histórias emocionantes, nas mais de mil cartinhas entregues no Natal na Praça e na portaria dos veículos de comunicação do Sistema Verdes Mares, que houve um incremento no número de pedidos…

Esta é a oração do Papa Francisco à Sagrada Família

(ACI).- Em sua exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia, o Papa Francisco faz referências à Sagrada Família de Nazaré como exemplo para as famílias de hoje e termina este documento com uma oração especial dedicada à Jesus, Maria e José. Em seu parágrafo 66, ao citar as palavras de Paulo VI na Alocução em Nazaré em 5 de janeiro de 1964, Francisco recorda que “a aliança de amor e fidelidade, vivida pela Sagrada Família de Nazaré, ilumina o princípio que dá forma a cada família e a torna capaz de enfrentar melhor as vicissitudes da vida e da história”. “Sobre este fundamento – continua –, cada família, mesmo na sua fragilidade, pode tornar-se uma luz na escuridão do mundo. ‘Aqui se aprende (…) uma lição de vida familiar. Que Nazaré nos ensine o que é a família, a sua comunhão de amor, a sua austera e simples beleza, o seu carácter sagrado e inviolável; aprendamos de Nazaré como é preciosa e insubstituível a educação familiar e como é fundamental e incomparável a sua função no p…

Lei garante vagas para pessoas com deficiência na educação técnica e superior

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.409, que inclui pessoas com deficiência entre os beneficiários de reserva de vagas nas universidades federais e nas escolas federais de ensino médio técnico. A cota para estudantes vindos de escolas públicas já previa a destinação de vagas para pessoas de baixa renda, negros, pardos e indígenas. O texto sancionado está publicado na edição de hoje (19) do Diário Oficial da União e altera a Lei 12.711, de 2012, que é a Lei de Cotas de Ingresso nas Universidades. A Lei de Cotas estabelece como primeiro critério que no mínimo 50% das vagas para ingresso em curso de graduação, por curso e turno, sejam reservadas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. No caso do ensino técnico de nível médio, a reserva é para alunos que cursaram integralmente o ensino fundamental na rede pública. Como segundo critério, as cotas se destinam a pessoas de baixa renda, negros, pard…