Postagens

Mostrando postagens de Julho 20, 2017

Leilão de itens doados por famosos busca ajudar as vítimas do rompimento da barragem em Mariana

Imagem
Léo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil Emerson Felipe Shabbat/Prefeitura de Mariana Camisa autografada pelo ex-jogador Zico é um dos itens do leilão beneficente Os objetos doados por artistas e personalidades aos moradores de Mariana (MG) atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão estão sendo leiloados na internet. Os lances podem ser dados até amanhã (20), às 19h, por meio de uma plataforma virtual. A barragem de Fundão, pertencente à mineradora Samarco, rompeu-se no dia 5 de novembro de 2015. O episódio é considerado a maior tragédia ambiental do país. Foram liberados mais de 60 milhões de metros cúbicos de rejeitos que provocaram devastação da vegetação nativa, poluição da Bacia do Rio Doce, destruição de comunidades e a morte de 19 pessoas. Em solidariedade, artistas e personalidades enviaram diversos artigos às vítimas que viviam nos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu, destruídos pelos rejeitos. Entre os itens, que agora estão sendo leiloados, está um uniforme usad…

Obra apresenta dois momentos da história do povo Araweté que habita a região do Xingu, no Pará

Imagem
Em 1981, quando o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro conheceu os Araweté, com o propósito de pesquisa de doutorado, eles tinham apenas cinco anos de contato oficial com os brancos. Hoje, pouco mais de quatro décadas após o estabelecimento inicial das relações amistosas com a Funai, o povo tupi da Amazônia já sentiu o prazer e a dor de conhecer o lado de cá. É a partir de um recorte dessa vivência que um livro - sob o olhar de Viveiros e dos seus alunos Camila de Caux e Guilherme Orlandini Heurich, já doutores em antropologia social -, foi recém-editado pelo selo Edições Sesc. Se a pesquisa de Viveiros, já na década de 1980, dava conta das primeiras informações sobre a língua, os rituais de caça, a alimentação, as relações afetivas, sexuais e reprodutivas, as características da agricultura, o xamanismo, as posições hierárquicas da tribo, entre outros aspectos, a inserção de Camila e Guilherme, trinta anos depois, atualizou e reforçou cada ponto. Mas agora levando em conta também o…

Feira de vinil reúne 12 expositores no Dragão do Mar

Imagem
Uma feira de discos de vinil irá ocorrer neste domingo, dia 23, na Arena Dragão do Mar, espaço aberto próximo ao Cinema do Centro Cultural Dragão do Mar. Será o Fuxico Vinil, que irá reunir 12 colecionadores de discos, para que possam expor os produtos e vendê-los por preços variados. O evento começa às 16 horas e segue até 20 horas, com acesso gratuito, sob o som dos DJs Alan Morais e Betty Silvério. Além dos colecionadores, a feira convida artistas que tenham trabalhos em vinil para venderem e autografarem, na ocasião.
Serviço Fuxico Vinil Quando: domingo, 23 de julho, às 16 horas Onde: Arena Dragão (rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema) Acesso gratuito.
Redação O POVO Online

Primeiro transplante de mão em criança tem 'sucesso'

Imagem
"Dezoito meses após a cirurgia ele é mais independente e consegue completar atividades cotidianas", afirmou médica. Foto cedida pelo Hospital da Criança da Filadélfia mostra Zion Harvey, em Baltimore, após o transplante das mãos (CHOP/AFP)
A primeira criança do mundo a se submeter a um duplo transplante de mão agora pode escrever, comer e se vestir sozinha, disseram os médicos nesta terça-feira, declarando que a operação inédita foi um sucesso após 18 meses.
O relatório no The Lancet Child & Adolescent Health dá a primeira atualização médica oficial sobre Zion Harvey, de 10 anos, que se submeteu a uma cirurgia para substituir as duas mãos em julho de 2015.
"Dezoito meses após a cirurgia ele é mais independente e consegue completar atividades cotidianas", afirmou Sandra Amaral, médica no Hospital da Criança da Filadélfia, onde a operação aconteceu.
"Ele continua a melhorar à medida que realiza a terapia diária para aumentar a função da mão, além do apoio ps…

Fresta Literária 2017 acontece neste sábado e domingo, na praça dos leões

Imagem
O evento será realizado nos dias 22 e 23 de julho, a partir das 14 horas, no salão do Lion’s Bar. Haverá poesia e expositores de produtos ligados a literatura, dando preferência às produções independentesFoto: Divulgação / AssessoriaO jornalista e professor Anderson Sandes estará presente no sábado (22) às 15 h A Praça dos Leões, no Centro de Fortaleza, será o pano de fundo a realização da Fresta Literária 2017 -  A Palavra e a Cidade, promovido pelo Coletivo Alumiar e Revista Berro, com apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). O evento será realizado nos dias 22 e 23 de julho, a partir das 14 horas, no salão do Lion’s Bar. A Fresta ocupará uma parte da Praça dos Leões com poesias, expositores de produtos ligados a literatura, dando preferência às produções independentes, com espaços horizontais e democráticos para apresentação de artistas e coletivos com trabalhos autônomos. Os bate-papos e encontros serão gratuitos, puxados pela temática da literatura e flexíveis…

Exposição «Racismo e cidadania» para ver em Lisboa

Imagem
Uma exposição criada para «discutir a relação entre racismo e cidadania» pode ser conhecida até ao próximo dia 3 de setembro, no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa. Com o nome «Racismo e cidadania», a mostra pode ser vista em qualquer dia da semana, entre as 10h00 e as 19h00.

A exposição está «centrada no caso português» e percorre seis séculos, de 1497 ao presente, período durante o qual se deu a «expulsão de muçulmanos, a conversão forçada de judeus, o tráfico de escravos, a colonização de territórios em África, América e Ásia, a abolição da escravatura, a descolonização e o início de um processo inverso de imigração».

A exposição é da responsabilidade científica de Francisco Bethencourt, e foi desenvolvida para «estimular o grande público a questionar o passado e o presente das relações entre povos, conjugando emigração com imigração, exclusão e integração, ausência de direitos e acesso à cidadania», explica a organização.
Fátima Missionária

Impa quer ampliar participação feminina nas olimpíadas de matemática

Imagem
Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil Dos 623 estudantes do ensino médio de 112 países que participam da 58ª Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, do nome em inglês), que ocorre pela primeira vez no Brasil, apenas 65 são representantes do sexo feminino. A equipe que representa o Brasil na IMO 2017 é integrada somente por rapazes: André Yuji Hisatsuga, 17 anos, e Pedro Henrique Sacramento de Oliveira, 18 anos, de São Paulo; Bruno Brasil Meinhart, 16 anos, e George Lucas Alencar, 18 anos, do Ceará; João César Campos Vargas, 19 anos, de Minas Gerais; e Davi Cavalcanti Sena, 17 anos, de Pernambuco. O Brasil teve uma medalhista na IMO, a cearense Larissa Lima, em 2002. De acordo com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), que organiza o evento no país, a proporção baixa de mulheres tem se mantido nos últimos anos. Para estimular o aumento da participação feminina, o Impa sugeriu à IMO a criação do troféu IMPA Meninas Olímpicas, que será incorporado à olimpíada já neste …

Mais Visitadas

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

VIVENDO E APRENDENDO

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil