Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 27, 2017

Mapa Etno-histórico do Brasil ganha reedição digital

por Felipe Gurgel - Repórter Uma das obras clássicas da antropologia brasileira ganha ampla reedição com trato digital. A partir desta quarta (27), estará disponível no portal do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan, www.Iphan.Gov.Br) o mapa Etno-Histórico do Brasil e Regiões Adjacentes. Em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), o Iphan empenhou um processo de restauração digital da obra cartográfica, considerada marco dos estudos sobre línguas e culturas indígenas. O mapa original foi apurado e formatado pelo etnólogo alemão Kurt Unckel (1883-1945), o Kurt Nimuendajú (significa "o que fez seu assento"; ele foi rebatizado assim pelos índios guaranis). O material reúne mais de 900 referências sobre etnias e línguas indígenas, coletadas pelo pesquisador. A pesquisa, feita na primeira metade da década de 1940, é referente ao período entre os séculos XVI e XX. A novidade é que, através da técnica de restauração digital, a obra original (com …

Fli7 começa hoje e traz nomes importantes da literatura para Fortaleza

Lançamento de livros, debates com autores, música, teatro, sarau e mais. Apostando no diálogo entre literatura e outras linguagens artísticas, a 2ª edição da Festa Literária 7 de Setembro (FLI7), que acontece de hoje ao dia 20 na Uni7, vai contar com a presença de escritores como Marina Colasanti, Lira Neto, Raymundo Netto, Socorro Acioli, Ana Miranda e o português Gonçalo Tavares. A edição presta homenagem ao poeta cearense Patativa do Assaré, que morreu há 15 anos. “A cultura é uma missão muito clara para nós, e a educação funciona como ponte para a construção do indivíduo, que vai estar sempre se aprimorando”, afirma Fabio Delano, organizador e curador da festa. “Nesta edição, aprimoramos a programação, as curadorias e acrescentamos o lançamento de livros, que está muito forte”, ressalta. Uma novidade, conta Fabio, é a escolha de um eixo temático: Literatura como arte que transforma a realidade. A conferência de abertura do evento, Literatura e Transformação, será proferida pelo e…

A expressividade do silêncio

Qual é a grandeza do silêncio? O que o torna superior à palavra? Ao percorrermos as páginas das Sagradas Escrituras, deparamo-nos com inúmeras recomendações e importantíssimas afirmações dadas pelo próprio Espírito Santo a fim de nos ensinar o caminho certo para chegar à Pátria Celestial. Detenhamo-nos em um aspecto dos conselhos que nos apresentam os livros sapienciais: “Não te apresses em abrir a boca; […]que tuas palavras sejam, portanto, pouco numerosas.” (Ecl 5,1) e ” […] o homem sábio guarda silêncio” (Pv 11,12). Não obstante, o ditado popular resumiu em: “A palavra é de prata e o silêncio é de ouro”. Qual é a grandeza do silêncio? O que o torna superior à palavra? O silêncio é um extraordinário instrumento capaz de transmitir, em várias ocasiões, mais ideias do que as próprias palavras. Referindo-se ao Espírito Santo afirma o Padre Plus (2): “Fala sem articular palavras, e todos ouvem seu divino silêncio (…) Sem necessidade de estar atento, ouve a menor palavra dita no mais ín…

Exposição no Museu do Amanhã revela a arte existente no universo microscópico

Paulo Virgílio - Repórter da Agência Brasil Ampliada milhares de vezes, a imagem de um fígado humano parece uma árvore, uma concentração de células lembra um jardim asiático e partículas de substâncias químicas remetem ao formato de uma flor. Provar que pode haver arte e muita beleza no que está distante do alcance dos nossos olhos é o que pretende a exposição Mundos Invisíveis – Mostra de Arte Científica Brasileira, inaugurada nessa terça-feira (26) no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. A mostra é uma realização do museu em parceria com o coletivo multidisciplinar Art Bio, que tem como objetivo usar a arte como forma de romper a barreira entre o conhecimento científico e a população. Em 24 telas, cientistas de diversas instituições brasileiras mostram ao público fascínios ocultos antes restritos aos pesquisadores, por meio de seus microscópios. Diversas técnicas foram utilizadas para criar as telas, como a microscopia eletrônica de varredura, que consegue fazer ampliações de até 300…

Paraná adere ao aplicativo cearense Comunicação Pública APP

Com a 6ª Câmara Cível - TJPR, a ferramenta soma 40 canais, sendo 23 federais, 9 estaduais e 6 de outros convênios, inclusive, atendendo a 1ª Vara Criminal de Teresina (PI) Marília Matos, idealizadora do aplicativo. Foto: Divulgação/Assessoria Visando promover a celeridade e transparência em suas solicitações, a 6ª Câmara Cível – Tribunal de Justiça do Paraná, aderiu ao Comunicação Pública APP, ferramenta genuinamente cearense que este ano, vem facilitando o diálogo entre os cidadãos, servidores públicos e membros do Poder Judiciário. Vale destacar que a ferramenta é gratuita e está disponível na Apple Store e Google Play. O novo canal surgiu para proporcionar um atendimento virtual de maneira rápida e eficiente para pedido de celeridade no andamento dos processos no estado do Paraná, mas precisamente na 6ª Câmara Cível – TJPR de forma que garanta a preservação dos princípios constitucionais de acesso à justiça e transparência pública. Vale ressaltar que o uso de tecnologias a favor do…

Defensoria Pública realiza campanha de arrecadação de livros para abrigos de Fortaleza

“Os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas”, essa reflexão escrita por Mário Quintana mostra a importância da leitura para o crescimento da sociedade, inserindo o universo dos livros no cotidiano das pessoas e pela construção de um mundo melhor. Em alusão ao Dia das Crianças e pensando no incentivo à leitura para crianças e adolescentes dos acolhimentos inconstitucionais do Ceará, a Defensoria Pública do Estado, por meio do Núcleo de Defesa dos Direitos da Infância e da Juventude (Nadij), lançou a campanha “Os livros mudam as pessoas”, que faz parte do projeto Defensoria Amiga dos Abrigos. A campanha visa a arrecadação de livros infanto-juvenis novos e usados. “Nós entendemos a importância do incentivo à leitura e optamos pela arrecadação de livros porque queremos estimular a imaginação, a criatividade, entreter e divertir de forma educativa. Com a arrecadação desses livros, nossa intenção é implementar bibliotecas nas unidades de ac…