Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 5, 2019

PODCAST: Festa da Imaculada Conceição de Maria (08/12)

Por Pe. Geovane Saraiva

Vamos aprender a ler de verdade

Enzo Bianchi* Chegaram os dias frios, muitas vezes tristes e, sem precisar nem mesmo decidir, ficamos mais em casa, talvez como eu ao lado de uma lareira, passando horas lendo e pensando. Aprender a pensar significa, de fato, aprender a ler: ler o mundo, as situações, os eventos, o que está "escrito" porque outros o colocaram "preto no branco". Não é por acaso que na Idade Média faziam derivar a palavra latina intellegere - literalmente "entender" - de intus legere, "ler de dentro". Ler é sempre tentar interrogar e interpretar: para fazer isso, é preciso se afastar do "comércio" que nos rodeia, esquecer o que está presente aos nossos sentidos e concentrar-se no que queremos ler. Ler é, portanto, fixar os olhos e a atenção em sinais escritos, em uma sucessão de espaços em branco e traços de tinta dispostos ordenadamente sobre a superfície de uma página, até quase sair de nós mesmos (ou descer em nossas profundezas) para mergulhar na esc…

Exposição 'Rotas de Extravios', de Eduardo Frota, celebra a memória de Fortaleza

A nova exposição do cearense Eduardo Frota, "Rota de Extravios", celebra a memória de Fortaleza ao usar como ponto de partida o prédio que abriga a Caixa Cultural, antiga Alfândega. Nesta quinta-feira (5), Eduardo conversa com o público sobre os 40 anos da carreira artística, completados em 2019, no espaço cultural retratado, que também sediará a mostra até 19 de janeiro. O artista utilizou como inspiração três fatos icônicos que aconteceram nos arredores do local: a chegada de Vicente Pinzón, em 1500, à Praia do Mucuripe, antes mesmo de Pedro Álvares Cabral e a recusa do jangadeiro Dragão do Mar em desembarcar os escravos vendidos, além do próprio nascimento da capital cearense. "Rotas de Extravio são essas rotas fora da rota, digamos assim. Faço uma analogia com essas rotas do Atlântico, essas operações entre Europa, América e África, que povoaram todo o Brasil", explica o artista. Essa escolha se deu justamente por serem partes da construção do País. INSTALAÇÃO…

Peça que une relatos reais e clássicos da literatura será encenada em Petrópolis, no RJ

Espetáculo gratuito será realizado nesta quinta-feira (5), às 20h, na sala Café Concerto, no Palácio Quitandinha. Por G1 — Petrópolis Uma peça que reúne relatos reais e clássicos da literatura terá apresentação gratuita nesta quinta-feira (5) em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. O espetáculo "Dias e Noites...são assim” faz parte do curso de iniciação de teatro e conta com 20 anos do módulo avançado do segundo ano de curso. A apresentação será realizada às 20h na sala Café Concerto, do Palácio Quitandinha. A peça é dirigida pelo professor, ator, diretor e dramaturgo, Fred Justen, e, segundo os organizadores, faz um passeio entre os aspectos reais do que é viver da arte nos tempos atuais. A classificação é de 16 anos. "A montagem vai do drama a comédia, fazendo uma viagem por diferentes estilos literários, que prometem abrir a mente do público sobre a versatilidade do artista em cena”, disse professor. De acordo com a organização, os clássicos da literatura se interligam …