Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 11, 2018

Livro: Viver à lei da nobreza, do historiador Gabriel Parente Nogueira

Livro do jovem historiador, Gabriel Parente Nogueira, com o título: Viver à lei da nobreza. Agradecido ao bom Deus estou, pelo rigor do pesquisador e membro do grupo de pesquisa História do Ceará colonial: economia, memória e sociedade (1748-1804).
Sou testemunha de seu obstinado trabalho em favor da História e da literatura, enriquecendo-nos com suas publicações. Faço votos de que seu sonho, o de ser diplomata, chegue o quanto antes.
Parabéns! Padre Geovane Saraiva

Mulher, Beleza e Poesia, da Jornalista Lêda Maria

Um poema para o Suplemento do Jornal O Povo: Mulher, Beleza e Poesia. da Jornalista Lêda Maria. Créditos: Grecianny Cordeiro

10 frases para lembrar Cora Coralina, que morreu há 33 anos

Redação, O Estado de S. Paulo Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas nasceu no dia 20 de agosto de 1889, na Cidade de Goiás, e morreu no dia 10 de abril de 1985. Ao longo de seus 95 anos, viveu muitas vidas - e uma vida de luta por aceitação, na família, e sobrevivência e de muita criação, seja de seus versos ou seus doces. Descoberta tardiamente, em 1980, Cora Coralina é hoje uma das poetas mais queridas do Brasil. Cora Coralina nasceu em 1889 e segue encantando os leitores Foto: Museu Casa de Cora Coralina Recentemente, sua história foi contada no filme Cora Coralina: Todas as Vidas, que traz no elenco Walderez de Barros, Tereza Seiblitz, Camila Márdila, Zezé Mota e Beth Goulart e conta com depoimentos de familiares, amigos e pesquisadores da obra da poeta. O filme é inspirado livremente no livro Raízes de Aninha.   Veja a seguir 10 frases da poeta dos becos de Goiás "Sendo eu mais doméstique do que intelectual, não escrevo jamais de forma consciente e raciocinada, e sim impelida…

Escândalo abala academia que concede Nobel de Literatura

Renúncia de três membros em meio a alegações de corrupção, assédio sexual e quebra de confidencialidade abala instituição sueca responsável por renomado prêmio. Dos 18 assentos do grêmio, apenas 13 seguem ocupados. Reunião anual da Academia Sueca em Estocolmo, em 2017 "I'm leaving the table, I'm out of the game" ("Estou deixando a mesa, estou fora do jogo"). Foi com tais palavras do cantor e compositor Leonard Cohen que o escritor Klas Östergren se despediu, na semana passada, da Academia Sueca, que todos os anos concede o mais cobiçado prêmio literário do mundo. O problema é que outros dois membros do grêmio, Kjell Espmark e Peter Englund, fizeram o mesmo, colocando a capacidade de atuação do órgão em risco. Dos 18 assentos da academia, apenas 13 continuam ocupados. Há alguns anos, outros dois membros já haviam se retirado devido a disputas internas. Outra integrante, a autora Sara Stridsberg, disse no final de semana que também considera parar de frequen…

Associação Catavento oferece cursos preparatórios para o Enem

Estão abertas inscrições para curso preparatório do Enem oferecido pela Associação Catavento, de Fortaleza. São ofertadas 60 vagas no total, sendo 30 para Redação e 30 para Espanhol. Para o curso de produção textual, podem se inscrever estudantes matriculados no terceiro ano ou pessoas com ensino médio já concluído, ambos oriundos de escola pública. Já para o curso de Espanhol, basta ter idade mínima de 15 anos. Para a inscrição, são necessárias 1 resma de papel A4, cópia do RG e do comprovante de residência, declaração escolar de matrícula ou cópia do certificado de conclusão. As aulas serão iniciadas a partir do dia 21 de abril e ocorrerão aos sábados, duas vezes em cada mês. Os interessados devem se matricular às segundas e quarta-feiras, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na EEIEF Nair Magalhães Guerra, localizada na Rua Joaquim Bento Cavalcante, nº500, Grilo, Caucaia. Tribuna do Ceará

Pedro Serrano dirige documentário sobre Adoniran Barbosa

por Inácio Araujo - Folhapress Um dos ícones do samba de São Paulo, Adoniran Barbosa é tema de documentário dirigido por Pedro Serrano, que roteirizou e dirigiu "Luto em Luta" O longa "Adoniran - Meu nome é João Rubinato" não escapa ao arsenal de formas consagradas pelo documentário contemporâneo: entrevistas; fotos e filmes reencontrados; filmagens adjacentes. Seu objetivo é, porém, bem menos convencional: trata-se revelar um Adoniran que não conhecemos (ou poucos conhecem) sem por isso apagar aquele que se conhece. O que se conhece: o compositor, sambista paulistano por excelência, cronista agudo dos bairros periféricos (ainda que de uma "periferia interior", como o Bexiga), o inventor de um vocabulário pessoal, que se tornou tradução exata do italianado paulista. A isso pode se seguir uma fileira de etcéteras. É disso tudo que "Adoniran" busca dar conta. Não é um esforço pequeno: trata-se de encontrar a singularidade numa obra (e numa vida) ba…

Grupo de mulheres borda pontos históricos e afetivos de Fortaleza

Vinte e cinco mulheres, de idades entre 38 e 90 anos, resolveram fazer de sua arte uma homenagem a Fortaleza. O grupo Entrelaçadas resolveu, a partir de desenhos feitos nos tecidos, traçar bordados para homenagear pontos históricos e afetivos da Capital, que completa 292 anos na sexta-feira. Em reuniões que acontecem uma vez por mês, elas compartilham linhas, agulhas e histórias. O projeto recebeu os primeiros traçados e pontos e deve ser concluído em outubro. Cada uma das 25 mulheres escolheu um local da Cidade com o qual se identifica. Serão 28 as áreas que devem ganhar as cores do bordado. No momento, estão sendo feitos os traçados a lápis por artistas plásticos, muitos deles da Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho, nos panos que serão bordados. “Para mim, bordar é uma arte, mas, antes disso, é uma terapia. Aqui eu criei um novo círculo de amizades, me senti útil novamente. Refiz a vida”, conta a aposentada Maria de Jesus Castelo Branco, 60. O primeiro trabalho que o g…

Bate papo interativo desvenda mitos e verdades sobre o câncer

O Centro Regional Integrado de Oncologia – CRIO, referência em oncologia no estado, promoverá na próxima quarta-feira (17/04), às 09h, no auditório, um Bate Papo sobre mitos e verdades do câncer, aberto a comunidade, pacientes, acompanhantes e demais interessados. Profissionais da saúde especialistas em câncer irão realizar perguntas e respostas e tira dúvidas de forma dinâmica. O intuito do evento é alertar os participantes sobre os cuidados que cada pessoa deve ter com a saúde e a busca de um especialista regularmente. Na ocasião será realizado sorteio de brindes. Comandado por uma equipe multidisciplinar Carone Alves – Nutricionista, Cândida Otília – Fisioterapeuta e Emanuelly Mota – Psicóloga, a conversa responderá perguntas como “câncer é contagioso? O tabaco causa apenas câncer de pulmão? Um paciente com câncer de próstata tem perda de masculinidade? Se eu faço o autoexame de mama todos os meses, não preciso fazer a mamografia? Alimentos cozidos em forno de micro-ondas provocam…