Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 15, 2018

Fortaleza terá exposição sobre o cearense Luciano Carneiro, um dos maiores fotojornalistas do país

Parceria entre o Instituto Dragão do Mar (IDM) e o Instituto Moreira Salles (IMS) traz a Fortaleza exposição inédita sobre o cearense Luciano Carneiro. Intitulada de “Luciano Carneiro: O Olho e o Mundo”, a mostra terá abertura no dia 22 de fevereiro, às 19h, no Museu da Cultura Cearense, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza. Serão cerca de 300 fotografias registradas entre o fim da década de 1940 e a década de 1950, período em que o fotojornalista atuou na revista O Cruzeiro. Sob curadoria de Sergio Burgir, coordenador de Fotografia do
IMS, a mostra pretende difundir a visão de um talento ainda pouco conhecido na história da fotografia brasileira e permite um denso recorte do início do moderno fotojornalismo no país. Além de fotografias originais, serão exibidos materiais de época, como revistas e fac-símiles de matérias. Outros destaques são: um vídeo sobre a importância da revista O Cruzeiro do ponto de vista de fotógrafos, com
depoimentos de Luiz Carlos Barreto e …

Obra de Louis Auguste Blanqui está acessível

por Laura Erber - Folhapress Revolucionário francês, Louis Auguste Blanqui passou 37 anos na prisão por suas ações políticas. Sua obra mais famosa, contudo, é um ensaio cósmico Redigido na prisão do forte de Taureau, pequeno ponto perdido na baía de Molaix, na Bretanha, o breve e visionário "A Eternidade pelos Astros", escrito pelo "eterno conspirador" Louis-Auguste Blanqui (1805-1881), está acessível agora ao leitor brasileiro, em edição da Cultura e Barbárie, com tradução de Takashi Wakamatsu e prefácio de Jacques Rancière. Essa obra breve, estranha e fecunda foi escrita em 1871, quando Blanqui cumpria pena por insurgir-se contra a monarquia. De sua cela não podia vislumbrar o mar que o circundava, mas é provável que conseguisse observar as estrelas. Referência tanto para a literatura moderna quanto para o pensamento político de esquerda, e de maneira particular para o socialismo francês, Blanqui opunha-se ao imperativo do progresso contínuo e ao positivismo como …

Autora russa fala de sua obra recém publicada no País

por Ubiratan Brasil - Agência Estado A escritora (e cantora) russa Liudmila Petruchévskaia: "Eu escrevia sobre as vidas das pessoas que se encontravam em situação-limite" ( Foto Itar-Tass ) A carreira literária da escritora russa Liudmila Petruchévskaia divide-se em antes e depois de 1986 - até esta data, sua gaveta ficou abarrotada de textos originais, censurados pelo governo da então União Soviética. Naquele ano, com a instauração da perestroika (a reconstrução e abertura política e econômica comandada por Mikhail Gorbachev), Liudmila passou a ser lentamente publicada e festejada, graças a uma prosa seca e direta, mas também incômoda e absorvente, o que a tornou para muitos uma herdeira de Edgar Allan Poe e Gogol. Afinal, a sombria realidade na qual era obrigada a viver sob o regime comunista moldou sua escrita, cujas histórias geralmente contêm elementos místicos ou alegóricos e que são usados para iluminar as sombrias condições de vida soviética e pós-glasnot. É o que se …

Usuários podem registrar acidentes sem vítimas com o aplicativo da AMC

Aplicativo foi lançado em janeiro deste ano ( Foto: Marina Gomes ) O aplicativo AMC Móvel, gerenciado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), já cadastrou mais de 6 mil usuários em seu primeiro mês de funcionamento. Até o momento foram realizados 6.635 downloads, sendo 5.254 pelo sistema operacional Android e 1.381 pelo iOS.  Através da plataforma os usuários podem registrar acidentes sem vítimas, consultar dados referentes aos investimentos no trânsito, além de recorrer de uma multa ou verificar se o seu veículo foi rebocado em operações cotidianas desenvolvidas pelo órgão. Fortaleza é a primeira Capital a utilizar um aplicativo que atende a todas essas demandas. Um dos principais serviços disponíveis é o Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado de Fortaleza (BATEU). Após ter o seu veículo envolvido em um acidente sem vítima, o condutor deve baixar o aplicativo. Em seguida, cadastrar seus dados e preencher o passo a passo do procedimento, informando um bre…

Documentário sobre papa Francisco chega a cinemas dos EUA em maio

Dirigido por Wim Wenders, o filme mostra como o papa se dirige ao público para falar sobre imigração, ecologia, desigualdade de renda e o papel da família. O papa Francisco na Igreja de Santa Sabina em Roma, em 14 de fevereiro de 2018 (AFP)
O papa Francisco chegará em maio aos cinemas falando da vida, do universo e de outros assuntos em um documentário incomum coproduzido pelo Vaticano, anunciaram produtores na quarta-feira (14).
Escrito e dirigido pelo três vezes indicado ao Oscar Wim Wenders, "Pope Francis. A man of his word" (Papa Francisco. Um homem de palavra) estreia nos Estados Unidos em 18 de maio, informou a produtora californiana Focus Features.
No documentário, uma coprodução entre o Vaticano e cineastas externos, o papa se dirige ao público diretamente para falar sobre imigração, ecologia, desigualdade de renda e o papel da família.
"Os conceitos visuais e narrativos diretos em frente à câmera colocam a audiência cara a cara com o papa, criando um diálogo en…

Adotado em três regiões do país, horário de verão termina no próximo domingo

Da Agência Brasil Brasileiros das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar seu relógio em uma hora, a partir da 0h do próximo domingo (18), quando encerra o período de horário de verão 2017/2018, que entrou em vigor desde 15 de outubro e que tem como finalidade reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h.
Além do Distrito Federal, dez estados precisarão adaptar seus ponteiros: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo. A população do Norte e do Nordeste não é afetada porque os estados da região não são incluídos no horário de verão.
Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em 2013 o Brasil, com essa providência, economizou R$ 405 milhões, ou 2.565 megawatts (MW). No ano seguinte, essa economia baixou para R$ 278 milhões (2.035 MW) e, em 2015 caiu ainda mais, para R$ 162 milhões. Em 2016, o valor sofreu nova queda, para R$147,5 milhões.
Essa meno…