Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 2, 2019

Doña Bárbara, o maior clássico da literatura venezuelana completa 90 anos

O escritor Rómulo Gallego é comparado ao brasileiro Machado de Assis e teve 15 indicações ao Prêmio Nobel de Literatura Fania Rodrigues Brasil de Fato | Caracas (Venezuela) A Venezuela também é um celeiro da literatura latino-americana. O mais clássico dos romances venezuelanos, o livro "Doña Bárbara", de Rómulo Gallego, completou 90 anos em 2019. Sua primeira edição foi publicada em 1929. Desde então foi traduzido em 12 idiomas e reeditado mais de 20 vezes na Venezuela. A obra chegou a ser considerada como "possivelmente o romance latino-americano mais conhecido", pela Hispanic Review, revista estadunidense dedicada à publicação de pesquisas e obras literárias hispânicas. Gallego está para a literatura venezuelana, como Machado de Assis está para a brasileira. Doña Bárbara retrata a Venezuela rural dos anos 1920, a disputa pela terra, o poder do latifúndio, o classismo, mas também a reconciliação racial, assim como os vícios e virtudes do homem e da mulher venezu…

Outra Bruna na mira da Ancine, Marquezine

O tema do filme é mesmo a busca do pai - tanto no sentido alegórico, o de uma figura ausente da qual pouco ou nada se sabe como físico. Bruna Marquezine interpreta a personagem Ophelia. (Reprodução)
Exibido no último Festival de Gramado, o longa de estreia do fotógrafo Klaus Mitteldorf, Vou nadar até você, que tem a atriz Bruna Marquezine como protagonista, deve chegar aos cinemas em outubro, depois de transtornos com a Ancine - Agência Nacional do Cinema, órgão oficial do governo federal cujo objetivo é fomentar, regular e fiscalizar a indústria cinematográfica - mais particularmente a última função, após o presidente Bolsonaro implicar com produções que se chocam com seus padrões morais. Segundo Mitteldorf, ele conseguiu terminar o filme "por milagre", porque "o dinheiro que era para a pós-produção e o lançamento do filme foi bloqueado pela Ancine."
Embora o filme não trate de garotas de programa como Bruna Surfistinha - longa citado por Bolsonaro como um contrae…

Girassol é símbolo de campanha para alertar sobre depressão

Todas as manhãs o girassol parte em busca do sol, seguindo a luminosidade insistentemente, porque precisa dela para crescer e florescer. Mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, a flor gira persistente, apesar da dificuldade, em direção à luz. Em alusão a esse comportamento da natureza, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre o tema.  A campanha conduzida pela Upjohn, uma das divisões de um laboratório farmacêutico focada em doenças crônicas não transmissíveis, em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata) e participação do Centro de Valorização à Vida (CVV), trará ações digitais e de rua para combater os estigmas da depressão. O trabalho tem ainda o apoio de músicos, esportistas e influenciadores digitais que já passaram ou passam pelo problema, di…

Museu Nacional: resgate e doações ajudam a recompor acervo científico

Um ano após o incêndio que destruiu o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, no dia 2 de setembro de 2008, algumas boas notícias animam os pesquisadores da instituição. Uma das coordenadoras do trabalho de resgate de peças nos escombros, a professora Luciana Carvalho detalha que foram recuperadas peças importantes para a pesquisa, como esqueletos humanos, inclusive fragmentos do icônico crânio da Luiza, o mais antigo fóssil encontrado no continente americano. Pesquisadora Luciana Carvalho Arquivo/Tomaz Silva/Agência Brasil Ela cita também a recuperação de paleovertebrados e peças que contribuíram para descrever novas espécies, chamados de holótipos. “Estamos atuando agora nos esqueletos humanos, que resistem bem ao calor. Nós resgatamos materiais da nossa coleção de paleovertebrados, não só os dinossauros, mas também de diversos mamíferos e os holótipos desses vertebrados. Assim como também toda a coleção de holótipos da paleontologia de invertebrados, que estava em um armário que, …