Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 3, 2016

O FAZEDOR DE ESTRELAS

Marcus Fernandes* Eu colocava as estrelas No céu, quando descobri No firmamento entre elas O que muito antes não vi.
Quatro astros, somente quatro Entre astros ofuscantes Me deixaram estupefato Diante u´ a estrela radiante.
Era, portanto mais uma,  Uma estrela que surgia... Disse: pai, também sou tua Fiquei morrendo de alegria
5 astros na escuridão Brilhavam que os demais  Como uma constelação  Pro céu iluminarem mais.
*Professor, escritor, músico e membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza

NOITE TENEBROSA NA SERRA GRANDE

Marcus Fernandes*                                                        
A serra dorme tranquila. Sapos coaxam no açude, Tetéus acordam o silêncio Nas margens da lagoa.
A serra grande dorme. Nas matas frondosas escuras A seriema corre medrosa. Chove a cântaros na serra.
Ruem samambaias seculares Solapadas pelas avalanchas. Na serra grande chove. O ruído domina inclemente.
Na cidade uma tênue luz Trêmula morrendo na casa Do poeta que escreve O último verso taciturno.
*Professor, escritor, músico e membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza

O AMOR

Marcus Fernandes*
O amor amigo, não é uma ilusão! Principalmente o amor que com amor É doado e provido de razão. E provém do íntimo, sem causar dor.
O amor neste mundo é uma realidade Quando ele vem da mulher amada Pois o amor do qual eu falo é verdade, Assim, como sinfonia inacabada...
E se este amor com o tempo envelhece É como o vinho: quanto mais velho melhor Nem a alma combalida se entristece Nem o amor que se amam fica pior.
O verdadeiro amor até que enfim encontrei Amor que mais que amor é paixão É o amor que a ti mulher, dediquei Você abriu as portas do meu coração.
*Professor, escritor, músico e membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza






ESTE É IMORTAL

José Olímpio de Sousa Araújo*

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

ARTIGOS 2 DE JUNHO DE 2016 Há 44 anos, o Dia do Meio Ambiente era criado, com o objetivo de promover uma conscientização global sobre o tema. Por Marcelo Chaves* O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado em 1972 e surgiu com o objetivo de promover uma conscientização global sobre o tema, proporcionando formação e incentivando atitudes ambientais importantes para o futuro do planeta. Nesses 44 anos, desde a criação da data, muitos foram os avanços e as contribuições em prol da natureza, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido. Uma questão que ultrapassa o ponto de vista apenas preservacionista, pois precisa ser entendida também como algo necessário para as presentes e futuras gerações. O Papa Francisco, um apaixonado pela Obra da Criação, lançou em 2015 a sua Encíclica “Louvado Seja”, que nos convida a um diálogo acerca do que ele chama de “nossa Casa Comum”. O documento apresenta a temática ambiental considerando inseparáveis a preocupação com a natureza que nos abraça, a prátic…

CHARGES SOCIEDADE MACHISTA

TEOLOGIAS LGBTIS

domtotal.com As teologias da libertação trouxeram para as discussões as vozes de muitos excluídos. Trata-se, portanto, de uma teologia dialógica. Por Tânia da Silva Mayer* Na América Latina, desde os anos sessenta, percebeu-se a necessidade de se fazer teologia a partir da dinâmica da história da vida humana e enraizada na Palavra de Deus. Trata-se, portanto, de uma teologia dialógica que, servindo-se dos métodos de análise das ciências sociais, escuta os clamores de grupos oprimidos para melhor elaborar perguntas e possíveis soluções e respostas às questões propostas. As assim chamadas “teologias da libertação” enraizaram-se, historicamente, como teologias latino-americanas, mas não somente. Constituíram-se como discursos da fé vivida em contextos de ditadura, opressão e violentas injustiças sociais. Os primeiros anos das teologias da libertação marcaram-se pela ênfase na libertação sócio-política-econômica, que propunham a libertação das estruturas históricas de opressão que furtam a d…

ALEMANHA RECONHECE «GENOCÍDIO» DE CRISTÃOS ARMÉNIOS DURANTE A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Agência Ecclesia 03 de Junho de 2016, às 12:20       Foto: Reuters/David Mdzinarishvili - Mulheres arménias rezam junto de memorial das vítimas do massacre ocorrido durante a Primeira Guerra Mundial 
Mais de um milhão de pessoas terão sido perseguidas e mortas pelo Império Otomano, a atual Turquia
Lisboa, 03 jun 2016 (Ecclesia) – A Alemanha aprovou por unanimidade uma resolução que classifica como "genocídio" o massacre de cristãos arménios pelo Império Otomano, durante a Primeira Guerra Mundial.
De acordo com a Fundação Ajuda a Igreja que Sofre (AIS), o documento teve “voto favorável de todas as bancadas do parlamento alemão, com exceção de um voto contra e de uma abstenção”.
“Refere explicitamente o genocídio de arménios e outras minorias cristãs entre os anos 1915 e 1916”, realça a AIS.
Em causa estão “entre 800 mil a 1,5 milhões de arménios” que terão sido “aniquilados e perseguidos durante a primeira Grande Guerra”, pelo Império Otomano.
Os otomanos eram então aliados …

FAMÍLIA: DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

HOJE A IGREJA CELEBRA O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Por Abel Camasca
REDAÇÃO CENTRAL, 03 Jun. 16 / 05:00 am (ACI).- A Igreja universal celebra hoje a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, por pedido explícito pelo próprio Cristo a Santa Margarida Maria Alacoque. São João Paulo II disse que “esta festa lembra o mistério do amor que Deus tem pelos homens de todos os tempos”.
“Peço que na primeira sexta-feira depois da oitava de Corpus Christi, se celebre uma Festa especial para honrar meu Coração, e que se comungue nesse dia para pedir perdão e reparar os ultrajes por ele recebidos durante o tempo que permaneceu exposto nos altares”, disse o Senhor a Santa Margarida, em junho 1675.
“Prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino Amor sobre os que tributem esta divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada”, acrescentou.
Mais tarde, Santa Margarita com o jesuíta São Cláudio La Colombière, seu diretor espiritual, propagariam as mensagens do Sagrado Coração de Jesus.
Posteriormen…

LAUDATO SI - FRANCISCO E O IRMÃO SOL

2016-06-03 Rádio Vaticana


IRMÃO SOL


FRANCISCO  Que a paz esteja com vocês que me ouvem. Paz e bênçãos. Como sabem, eu, Francisco de Assis, estou conhecendo alguns países da parte do mundo por onde se põe o Sol. Em todos eles há problemas graves e o Papa de Roma está falando deles. Por isso, vim ver de perto o que está acontecendo... apesar de, agora mesmo, não saber onde estou. O que me chamou a atenção neste lugar é que, quando chega o meio-dia, não há sombras. Os raios do Sol caem como facas verticais. 
SOL Francisco... Francisco! 
FRANCISCO  Estou reconhecendo a sua voz, irmão Sol. Para ti fiz um cântico, o cântico das criaturas, e o primeiro que nomeei foi você, irmão Sol. 
SOL Obrigado, Francisco. 
FRANCISCO  Antes de agradecer-me, diga-me onde estou. Que terra é esta?
SOL Se chama Equador, porque está na metade do mundo. Como se a Mãe Terra tivesse um cinto. Aí, no meio, é onde agora você se encontra. 
FRANCISCO No meu tempo pensávamos que você, irmão Sol, girava em torno da Mãe…