Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 23, 2019

Caixa Cultural promove exposição sobre exemplos de escravidão contemporânea

Exposição teve visita guiada com escultora nesta terça-feira, 22, às 19 horas. Mostra permanece até 1º de dezembro
Por NATÁLIA COELHO ESPECIAL PARA O POVO
Trabalho em condições precárias por valores mínimos, o vício do celular que coloca o ser humano como refém, o relacionamento abusivo que controla e oprime e o grito de socorro que se perde no vácuo, por não saber a situação em que se encontra. A exposição “Escravidão Contemporânea - Esperança de Regresso” retrata esses exemplos de "escravidão" que assolam os seres humanos do século XXI. A mostra reúne 21 esculturas desenvolvidas pela artista Aline Matheus e teve seu lançamento nacional nesta terça-feira, 22 de outubro, na Caixa Cultural Fortaleza, com visita guiada com a escultora às 19 horas. Em cartaz até 1º de dezembro de 2019, a exposição reúne também poesias da escritora Ilka Matheus e uma sinfonia, chamada “Servidão”, composta para a mostra pelo violinista Rodolpho Rebuzzi. Aline Matheus explica que a ideia do tema p…

Estalos e baques que me perseguem

Pablo Pires Fernandes* Foi um estalo, não soube identificar na hora. Acordei assustada e me pus sentada na cama num movimento involuntário. Hoje, neste mês de outubro de 2019, fazem 16 anos. Agora escrevo não por gesto de coragem, nem para acusar ninguém, mas para tentar silenciar o estalo, para ver se assim consigo me livrar deste tormento, desse pesadelo que me persegue há tantos anos. Depois do estalo, atenta a qualquer ruído, ouvi um baque. Era o som de um corpo caindo no chão. Foi quando me dei conta que aquele estalo era um tapa no rosto e o baque era o corpo da minha mãe batendo de encontro ao piso da copa. Seguiu-se um silêncio, parecia interminável. Até que escutei a voz dela. Era grave e a determinação, nunca me esquecerei, só poderia ser de uma mulher forte como minha mãe. “Não encoste a mão em mim”, falou com uma serenidade que continha ódio e ironia, coisas que meu pai não imaginava e nem era capaz de entender. Os sons que ouvi, muda e trêmula, do meu quarto, ainda me per…

Pensador da internet lança livro com críticas fortes à mídia digital

Lev Chaim* O norte-americano Douglas Rushkoff, ele próprio um pioneiro no uso da internet como meio de comunicação há muitos anos, hoje com 58 anos, lançou o seu mais recente livro, Time humano (Team Human), no qual ele faz duras críticas à maneira com que se usa a mídia social e a internet em nossos dias. Ele faz um apelo para que reconquistemos o nosso humanismo, já que a mídia digital de hoje exerce uma agenda anti-humanista, visando apenas quantidades e não qualidades do ser humano. Ele é contra a atual realidade virtual tão divulgada entre os jovens e enfatiza que as crianças não necessitam disso tudo mas, sim, de mais contato com outras pessoas; contato de olhos nos olhos e de dar um tempo real de um para com os outros, para que seja enfatizada a nossa humanidade que, cada vez mais, estamos perdendo com o desenvolvimento atual da mídia digital. Em seu novo livro, ele critica a maneira com que as companhias tecnológicas digitais determinam a nossa vida atual, e como os celulares …