Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 9, 2019

LIÇÕES DA HISTÓRIA

A História possui ciclos, mas jamais caminha em círculos. Segue sempre adiante, com avanços, com recuos, progressos e retrocessos. A exemplo da vida.  A grande beleza da História são as lições que dela podemos extrair, dos fatos, dos heróis e dos vilões, mesmo daqueles cujos nomes jamais serão inscritos nos livros e que, ainda assim, fizeram história.  Anne Franke. A menina judia que ficou escondida com a família no sótão do imóvel onde funcionava a empresa de seu pai, em Amsterdam, quando da invasão nazista na Holanda, sempre nos emociona e deve servir de exemplo para todos nós.  A história de Miep Gies, a mulher que ajudou a esconder Anne Franke e sua família, se arriscando para protegê-los, também não deve ser esquecida. Anne Franke era uma menina como outra qualquer. Desejava ir à escola, brincar com os amigos, se divertir, passear... Mas isso não foi possível. Teve que ficar confinada por anos em um sótão para tentar livrar-se dos campos de concentração nazistas.  Ainda assim, A…
Por Paulo Eduardo Mendes - Jornalista
Juiz de Direito. Escritor, poeta e cordelista. Irrequieto homem de letras ressurge em literatura através de versos. Traz "O Profeta Decapitado". Poesias num roteiro forte. Cristão atento ao caminhar do Cristo dentre as injustiças da vida. Pedro de Araújo Bezerra é o autor que ora enfocamos. Livro religioso ou temático num assomo de fazer justiça através do verbo. Juiz e escritor nos versos de literatura universal, conforme dizer do insigne jornalista Jáder de Carvalho em nota sobre o autor. O reconhecimento do saudoso Jáder tem a sinceridade que encanta e acolhe o trabalho de quem despontou despretensiosamente na seara das produções literárias. Pedro de Araújo Bezerra revela talento e arte. Faz poesia com a seriedade e responsabilidade do bom julgador que ele vem revelando ser no exercício da magistratura. Criatividade poética que nos fez ler de um fôlego o seu livro "O Profeta Decapitado". Recuo no tempo. Vimos o autor pesquis…